Arqueólogos exploram cidade submersa de cinco mil anos

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Arqueólogos britânicos exploram os vestígios de uma cidade submersa na Grécia há cinco mil anos.

As ruínas de Pavlopetri, localizada perto da costa da cidade de Lacônia, foram decobertas há 40 anos, mas só agora especialistas estão desvendando os mistérios do local.

O arqueólogo submarino Jon Henderson da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, comanda um grupo de especialistas que trabalham com o governo grego para retomar os trabalhos da expedição pioneira, liderada pela Universidade de Cambridge.

O arqueólogo Nicholas Flamming foi o primeiro a mapear a região em 1968 e agora se uniu à equipe para ajudar na exploração da cidade submersa.

Hoje se sabe que Pavlopetri é pelo menos um milênio mais velha do que se imaginava. Em vez de quatro, tem cinco mil anos.

Nos próximos cinco anos os arqueólogos vão fazer um mergulho no tempo para descobrir quem viveu em Pavlopetri e por que a cidade desapareceu.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.