Europa

Gata 'adota' Auschwitz

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A sobriedade do antigo campo de concentração de Auschwitz, que hoje abriga um museu, está sendo quebrada por uma presença inusitada: uma gata batizada de "Bruno", que adotou o local como casa há algumas semanas.

Mesmo enfrentando o rigoroso inverno polonês, Bruno prefere ficar em uma cabana na entrada do campo do que ser levada dali.

Funcionários do museu já tentaram abrigá-la em suas casas, mas ela voltou para local, onde virou atração entre os turistas.

Jornais poloneses noticiaram que as autoridades pretendem colocar Bruno em um abrigo público, mas uma página no site de relacionamentos Facebook pede para que a gata continue no antigo campo de concentração.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.