Europa

Aznar faz gesto obsceno para manifestantes

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

O ex-primeiro ministro espanhol José Maria Aznar se irritou com os manifestantes e fez um gesto obsceno ao sair de um evento na Universidade de Economia de Oviedo, no norte da Espanha.

Já na chegada, Aznar - que foi convidado a dar uma palestra sobre os efeitos da crise financeira no país - teve que usar a porta dos fundos para evitar manifestantes.

Durante sua apresentação, ele foi interrompido várias vezes por estudantes que o chamavam de “fascista”, “assassino” e “terrorista”.

Alguns manifestantes foram retirados à força do local por seguranças.

Durante a palestra, Aznar fez críticas ao atual premiê, José Luís Rodriguez Zaparatero.

“O líder dos incendiários não pode ser o capitão dos bombeiros e a Espanha precisa de uma grande equipe de bombeiros para limpar os escombros e colocar o país no rumo certo novamente”, disse ele.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.