AVIAÇÃO

Avião movido a energia solar decola na Suíça

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

O avião movido a energia solar "Solar Impulse" levantou voo pela primeira vez nesta quarta-feira na Suíça.

Com envergadura muito próxima a do novo superjumbo da Airbus, o A380, a maior aeronave de passageiros já construída, este avião só tem lugar para o piloto e pesa praticamente o mesmo que um carro de passeio comum.

O aventureiro suíço Bertrand Piccard, que já deu a volta ao mundo em um balão, pilotou o voo inaugural do protótipo solar.

A energia para as quatro hélices que movimentam o "Solar Impulse" vem das células fotoelétricas que cobrem toda a superfície das asas.

O objetivo de Piccard e do co-fundador do projeto, Andre Borschberg, é dar uma volta ao mundo em um modelo um pouco maior dentro de dois anos.

Desde dezembro, a equipe vinha realizando minivoos de no máximo 60 centímetros de altura e distâncias de 300 metros.

Ainda neste ano, o "Solar Impulse" deve fazer um voo noturno e a partir daí, a equipe deve desenvolver um protótipo maior, para duas pessoas, que será usado na tentativa de dar a volta ao mundo, em 2012.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.