áfrica

África do Sul usa Copa para combater HIV

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Projetos comunitários na Cidade do Cabo, na África do Sul, usam a grande popularidade do futebol para chamar a atenção para o problema do vírus HIV no país, que já infectou cerca de 260 mil crianças entre zero e quatorze anos de idade.

A organização Grassroot Soccer, fundada por ex-jogadores profissionais de futebol, leva o esporte a escolas de comunidades carentes para a educação de jovens sobre o virus.

Como parte da campanha oficial da FIFA para a Copa do Mundo de 2010, a iniciativa vai ser estendida além das escolas.

Ao todo, 20 centros serão abertos na África do Sul e em outros países do continente africano, como Gana, Namíbia e Quênia.

Cada centro focará em assuntos específicos, relevantes a cada região, como questões de saúde pública e prevenção de conflitos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.