Copa do Mundo

Conheça os adversários do Brasil: Costa do Marfim

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Muita gente pensava que a seleção da Costa do Marfim chegaria à África do Sul cheia de confiança, depois de ter se classificado com facilidade nas eliminatórias. Mas, depois de uma participação pífia na Copa Africana e da saída do técnico Vahid Halihodzic, o time ainda caiu no chamado "grupo da morte" da Copa de 2010.

O substituto de Halihodzic, o ex-técnico da Inglaterra, Sven Goran Eriksson, foi anunciado no fim de março e só teve o seu primeiro treino com o grupo em fins de maio.

O capitão da Costa do Marfim é o temido atacante do Chelsea, Didier Drogba, um dos maiores artilheiros das últimas temporadas do campeonato inglês.

Eleito jogador africano do ano duas vezes, Drogba é também o maior artilheiro da história da seleção marfinense. No futebol inglês, ele conquistou todos os títulos possíveis.

Conhecido também por seu temperamento explosivo, não é raro ver o artilheiro perder a cabeça em campo e ser expulso.

Experiência em dobro

Kolo e Yaya Touré são os irmãos mais famosos do futebol africano e são fundamentais na seleção da Costa do Marfim. O mais velho, Kolo, estreou na Premier League inglesa há oito anos.

O zagueirão já defendeu as cores da Costa do Marfim em mais de 70 partidas e disputou a Copa do Mundo da Alemanha, em 2006.

O irmão Yaya também estava na equipe que decepcionou os torcedores quatro anos atrás. O volante começou a carreira na Grécia de onde seguiu para a França, antes de se tornar o primeiro jogador marfinense a defender o Barcelona. Contratado em 2007, ele foi titular do time que conquistou a Liga dos Campeões de 2009. Ele renovou com o Barça recentemente até 2012.

Até 2010, a Costa do Marfim só tinha disputado a Copa da Alemanha. Mas o resultado foi decepcionante: depois de cair no chamado grupo da morte, com a Argentina, Holanda e Sérvia e Montenegro, os marfinenses de cara perderam duas partidas e deram adeus ao sonho logo na primeira fase, com apenas uma vitória, que evitou a lanterninha do grupo.

Dessa vez, os Elefantes voltaram a ter pouca sorte e vão enfrentar Brasil, Portugal e Coreia do Norte.

A estreia será no dia 15 de junho, contra Cristiano Ronaldo e Companhia, em Port Elizabeth. Cinco dias depois, os marfinenses encaram a seleção brasileira em Joanesburgo.

O último jogo do grupo será contra a Coreia do Norte, em 25 de junho.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.