Copa do Mundo

Centenas de milhares recebem seleção holandesa em Amsterdã

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Os jogadores da seleção da Holanda, vice-campeã da Copa do Mundo da África do Sul, foram recebidos como heróis nesta terça-feira em Amsterdã.

Centenas de milhares de pessoas saudaram os jogadores, que desfilaram em um barco pelos famosos canais da cidade.

O desfile estava programado apenas se a seleção da Holanda fosse campeã, mas as autoridades de Amsterdã divulgaram uma declaração afirmando que mesmo em segundo lugar, a seleção holandesa é campeã para seu país.

A Holanda foi derrotada pela Espanha por 1 a 0 na final da Copa da África do Sul. A derrota deu o terceiro vice-campeonato ao time do país.

Mesmo assim, uma multidão foi receber o time vestida de laranja, tocando vuvuzelas e com faixas, algumas com críticas ao árbitro da partida, o inglês Howard Webb.

Alguns dos torcedores se penduraram em postes, outros desafiaram as ordens da polícia e se jogaram nos canais e muitos lotaram as pontes de Amsterdã para ver o desfile da seleção holandesa.

Antes do desfile, os jogadores se encontraram com o primeiro-ministro holandês, Jan Peter Balkenende, em sua residência oficial e com a rainha Beatriz. Na cerimônia, a seleção holandesa foi condecorada.

Depois da festa nos canais de Amsterdã, a seleção foi recebida pela multidão na Praça do Museu, centro da cidade. De acordo com a polícia, pelo menos 500 mil pessoas participaram da festa para os jogadores.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.