Grã-Bretanha

Britânicos conseguem quase R$ 120 mi por vaso encontrado em casa

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Dois irmãos britânicos receberam 43 milhões de libras (quase R$ 120 milhões) por um vaso chinês do século 18, que eles encontraram durante uma limpeza na casa dos pais, no nordeste de Londres.

O vaso de porcelana, de cerca de 40 cm de altura, do período Qianlong, foi leiloado em Londres. Os dois irmãos, que encontraram a peça na casa onde os pais moravam antes de falecer, esperavam conseguir pouco mais de 1 milhão de libras pelo objeto.

A casa de leilões informou que a irmã, quando ficou sabendo o valor total arrecadado com o vaso, precisou sair da sala para tomar um pouco de ar. Os dois irmãos falaram que não faziam ideia da fortuna que tinham em casa.

Segundo especialistas, o vaso teria sido fabricado para o imperador chinês Qianlong, o quarto da dinastia Qing, que governou a China de 1735 a 1796.

Acredita-se que o vaso tenha saído da China em 1860 e teria sido comprado pela família em 1930.

O comprador, que pagou a fortuna pelo vaso, não quis se identificar, mas aparentemente, seria da China.

Além do valor pago aos donos do vaso, o comprador ainda teve que pagar quase 9 milhões de libras de comissão ao leiloeiro.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.