Nova Zelândia

Equipes de resgate buscam por sobreviventes na Nova Zelândia

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Pelo menos 65 pessoas morreram nesta terça-feira após um terremoto de magnitude 6,3 que atingiu a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia.

O tremor, registrado às 12h51 (20h51 de segunda-feira em Brasília), teve seu epicentro a apenas dez quilômetros a sudeste da cidade.

Os danos provocados pelo terremoto são muito piores do que aqueles causados por um tremor de magnitude 7,1 registrado em setembro.

Desde setembro, a cidade vinha sendo atingida por vários tremores secundários.

Destruição causada por terremoto na Nova Zelândia

Acredita-se que ao menos 200 pessoas estejam presas nos escombros.

O governo local decretou estado de emergência.

A Catedral de Christchurch, construção de pedra que é um dos símbolos da cidade, foi parcialmente destruída, com parte de sua torre desabada sobre a praça em frente.

A Nova Zelândia está ao sul do chamado Círculo de Fogo do Pacífico, acima de uma área da crosta terrestre na qual a placa tectônica do Pacífico se encontra com a placa indo-australiana.

O país registra cerca de 14 mil tremores ao ano, dos quais somente cerca de 20 em média com magnitude superior a 5.

O último terremoto com mortes no país havia sido em 1968, quando um tremor de magnitude 7,1 deixou três mortos na costa oeste.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.