japão

Usina nuclear sofre explosão no Japão

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Uma grande explosão atingiu no sábado uma usina nuclear do Japão que já tinha sido danificada pelo grande terremoto de sexta-feira.

Imagens da televisão japonesa mostraram uma explosão em um dos prédios da usina Fukushima 1, cerca de 250 quilômetros a nordeste de Tóquio. Além da nuvem de fumaça, também podiam ser vistos destroços atirados para longe da construção.

O porta-voz do governo japonês, Yukio Edano, afirmou que o prédio de concreto onde está o reator número 1 da usina desabou, mas o contêiner de metal, dentro do qual está o reator, não foi danificado. Segundo Edano, os níveis de radiação em volta da usina já caíram depois da explosão.

A Companhia Elétrica de Tóquio, operadora da usina, informou que quatro funcionários ficaram feridos.

O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, declarou estado de emergência em Fukushima Daiichi e Daini (também conhecidas como Fukushima 1 e 2), enquanto os engenheiros tentam confirmar se houve derretimento em um dos reatores de uma das usinas.

Usina de Fukushima

Usina de Fukushima foi duramente abalada pelo terremoto de sexta-feira

Esse é um procedimento automático depois que reatores nucleares são desligados em caso de terremoto, o que permite que as autoridades tomem medidas mais rápidas.

Nos últimos dias, outros dois reatores sofreram panes e nesta segunda-feira, um terceiro reator da usina nuclear de Fukushima, no Japão, registrou problemas no sistema de resfriamento.

Um porta-voz da operadora Tokyo Electric Power disse que os técnicos estão adotando medidas como injetar água do mar no reator número 2 da usina para evitar o superaquecimento da instalação.

Mais cedo, uma segunda explosão atingiu o reator número 3 de Fukushima, dois dias depois de um incidente semelhante envolvendo o reator número 1.

Segundo a agência de segurança nuclear do Japão, a explosão foi causada por um acumulo de hidrogênio. O incidente deixou onze feridos, um deles em estado grave.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.