Oriente médio

Sapatos voam contra o líder do Iêmen

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Sapatos foram atirados contra um telão em Sanaa, no Iêmen, durante o pronunciamento do presidente, Ali Abdullah Saleh, em cadeia nacional no domingo.

Em seu discurso, Saleh dizia que estaria disposto a renunciar, desde que lhe permitissem uma saída digna.

Mas manifestantes reunidos na praça Taghyeer, na capital iemenita, deixaram clara a revolta. Eles exigem a renúncia imediata do presidente.

Presidente Ali Abdullah Saleh

O presidente Ali Abdullah Saleh estaria disposto a renunciar neste ano

O ministro do Exterior, Abubakr al-Qirbi, teria afirmado que é possível que se encontre uma saída pacífica em breve, baseada na proposta de Saleh de renunciar até o fim do ano.

No entanto, o Iêmen está profundamente dividido e, a exemplo do que aconteceu na Tunísia e no Egito, desde janeiro vem sendo palco de manifestações contra o seu líder.

O presidente Saleh está no poder há mais de 30 anos.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.