Fale com a gente
BBC Brasil

Primeira página

Ivan Lessa

Especial

Fórum

Aprenda inglês

Parceiros

Sobre a BBC

Other Languages

 Você está em: Notícias

14 de julho, 2001 - Publicado às 17h10 GMT

'Garota de Ipanema' diz que ciúme pode ter motivado processo


Isabel Murray, de São Paulo

A musa inspiradora de uma das canções mais tocadas no mundo acha que o ciúme pode ser a razão do processo que pode proibi-la de usar o título Garota de Ipanema.

As famílias dos autores da música, os já falecidos Tom Jobim e Vinicius de Moraes, se uniram na Justiça contra Helô Pinheiro - a mulher que, segundo os próprios autores, inspirou a obra, composta em 1962.

"Essa intimação que recebi me deixou desorientada", disse Helô em entrevista à BBC.

"Não tem fundamento. O prédio onde eu moro no Rio se chama Garota de Ipanema. Em todo o Brasil, existem bares e boates com esse nome, e ninguém nunca reclamou. Se eu sou a musa inspiradora da canção, é meu direito usar o título."

Ilustre desconhecida

Conta a lenda, divulgada pelos próprios Tom e Vinicius, que eles se encantaram ao ver aquela adolescente a caminho da praia e fizeram a canção. Surpreendentemente, "Garota de Ipanema" foi um fracasso no Brasil na época do lançamento.

Mas, longe das terras tropicais, a melodia sofisticada e a beleza da letra encantaram os norte-americanos. Em 1964, "Garota de Ipanema" ganhou o prêmio Grammy de disco do ano.

Até então, a jovem Heloísa Eneida era uma ilustre desconhecida. Mas várias jovens brasileiras garantiam ser a musa inspiradora da música. Finalmente, em 1965, Tom e Vinicius revelaram quem era a moça que "passava em doce balanço a caminho do mar".

Heloísa, que assumiu o nome artístico de Helô Pinheiro, virou uma celebridade. Foi entrevistada por jornalistas do mundo todo, atuou em novelas, apresentou programas de televisão, fez comerciais, organizou concursos de beleza e publicou sua biografia.

Loja causou polêmica

Depois de mais de 30 anos de fama, o estopim da briga com as famílias dos autores da música parece ter sido uma loja aberta por Helô em S.Paulo. O nome da loja? Garota de Ipanema, é claro.

A viúva de Tom Jobim e os filhos dos dois autores da música acusam Helô de explorar comercialmente a obra e querem que ela pare de usar essa denominação.

"Eles querem me matar", diz. "Mas como vão contar a história da Garota de Ipanema, se eu for apagada dessa história?"

Helô acha que motivos pessoais possam ter motivado o processo, após tanto tempo. "Tom Jobim me pediu em casamento uma vez. Talvez o ciúme da viúva só tenha aflorado agora", afirma.

Procurada pela BBC, a advogada das famílias Jobim e Moraes informou que os autores da ação não falarão sobre o assunto.

Músico "chocado"

O bluesman norte-americano J.J. Jackson vive no Brasil há vinte anos e a canção faz parte de seu repertório. Ele se diz chocado com a polêmica.

"Garota de Ipanema é uma obra-prima que lançou a Bossa Nova no mundo todo", diz o músico.

"É óbvio que alguém inspirou aquela canção. Já que os autores disseram que essa moça era a Garota de Ipanema original, ela tem todo o direito de usar o título. Ninguém tem o direito de tirar isso dela", diz Jackson.

 Pesquisa na BBC Brasil

   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.








    Para cima    

BBC Brasil
Fale com a gente
Brasil@bbc.co.uk

   

Primeira página | Ivan Lessa | Especial
Fórum | Aprenda inglês | Parceiros
Sobre a BBC

   
© BBC World Service
Bush House, Strand, London WC2B 4PH, UK.
Serviço Mundial da BBC:
Notícias e áudio em 43 línguas: