BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
22 de março, 2002 - Publicado às 20h59 GMT
2,7 bilhões podem ficar sem água em 2025, diz ONU
Seca atingirá duas em cada três pessoas em 2025
Seca atingirá duas em cada três pessoas em 2025

A Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou que mais de 2,7 bilhões de pessoas deverão sofrer com a falta de água em 2025 se o consumo do planeta continuar nos níveis atuais.

Um relatório divulgado nesta sexta-feira para marcar o Dia Mundial da Água afirma que mais 2,5 bilhões de pessoas irão viver em áreas onde a quantidade de água potável será insuficiente para surprir suas necessidades.

A crise que se aproxima está sendo atribuída à má administração dos recursos hídricos, ao crescimento populacional e às mudanças climáticas por que passa o planeta.

As áreas sob maior risco de enfrentar a falta de água estão nas regiões semi-áridas da Ásia e da parte da África ao sul do deserto do Saara.

Europa na mira

A crise da água
  • 1,1 bilhões de pessoas sem água potável
  • 2,5 bilhões sem saneamento básico
  • 5 milhões de mortos por água contaminada ao ano
  • 3% de água potável no planeta
  • Mas, segundo estatísticas pesquisadas pela Comissão Econômica da ONU para a Europa, pelo menos 120 milhões de pessoas que vivem no continente – um em cada sete habitantes – ainda não têm acesso a água potável e saneamento.

    A comissão está pedindo um esforço conjunto dos países desenvolvidos no sentido de conservar e proteger os recursos hídricos.

    A entidade da ONU afirma que o desperdício de água custa à Europa cerca de US$ 10 bilhões por ano.

    Números dramáticos

    De acordo com o relatório, redigido pela Agência Internacional de Energia Nuclear (IAEA), estima-se que 1,1 bilhão de pessoas no mundo não tenham acesso a água potável, cerca de 2,5 bilhões careçam de saneamento básico e mais de 5 milhões morram de doenças causadas por água contaminada a cada ano – um número dez vezes maior que o de mortos em guerras em todo o mundo.

    Menos de 3% da água da Terra é potável, sendo que a maior parte disso está na forma de gelo polar ou se encontra em camadas profundas e inacessíveis do planeta.

    A quantidade de água potável que está acessível – seja em lagos, rios ou represas – representa menos de 0,25% do total.

    "Mesmo quando os suprimentos são suficientes e abundantes, eles estão ameaçados pela contaminação e pela alta demanda", disse o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, em um comunicado.

    Risco de conflitos

    Há temores de que, no futuro, aconteçam conflitos por causa da disputa pela água.

    O IAEA está pedindo o lançamento de uma "revolução azul" para conservar os suprimentos de água existentes e para desenvolver novas fontes.

    "A verdade é que existe uma quantidade limitada de água no planeta e nós não podemos nos dar ao luxo de usá-la com negligência", afirmou o diretor do IAEA, Mohamed El-Baradei.

    "Não podemos continuar tratando a água como se ela nunca fosse se esgotar."

    África

    Ministros de Recursos Hídricos de 22 países da África fizeram um apelo por uma aliança regional e global, financiada por um fundo internacional, para solucionar os problemas de falta de água e de saneamento.

    Segundo eles, entre as soluções existentes, estão o desenvolvimento de estações de dessalinização, capazes de transformar a água salobra em potável.

    A ONU afirma que as impicações da crise da água serão extremas nas regiões mais pobres do mundo, já que sua população depende da agricultura para sobreviver.

    A agricultura consome cerca de 70% da água disponível no planeta.
     
       E-MANCHETE
    Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
       ORIENTE MÉDIO
    Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.







    Notícias relacionadas:
    18 de fevereiro, 2002
      Queimadas provocam 'frio' e 'seca' na Amazônia
    Links externos:
    IAEA (em inglês)
    ONU (em inglês)
    Centro Global de Hidrologia e Clima (em inglês)
    Comissão Mundial em Recursos Hídricos (em inglês)
    A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
    BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
    Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
    Fórum | Aprenda inglês
    ---------------------------------------------------------------------------------------------------
    Programação | Como Sintonizar
    Parceiros | Sobre a BBC