BBC World Service LogoHOMEPAGE | NEWS | SPORT | WORLD SERVICE
Portuguese Pesquisa na BBC Brasil
 
Primeira Página
Saúde &
Tecnologia
Economia
Cultura
Especial
Fórum
Aprenda inglês
ÁUDIO
Dois minutos pelo mundo
Notícias
Mundo Hoje
De Olho
no Mundo
Programação
Como Sintonizar
SERVIÇOS
Parceiros
Sobre a BBC
Expediente
Página simplificada
Fale com a gente
Empregos
E-manchetes
LÍNGUAS
Espanhol
Português para a África
Árabe
Chinêês
Persa
Hindi
Urdu
BBC News
BBC Sport
BBC Weather
 Você está em: Notícias
19 de maio, 2002 - Publicado às 15h00 GMT
Timor Leste se torna o mais novo país do mundo
A bandeira do Timor foi hasteada pela primeira vez
A bandeira do Timor foi hasteada pela primeira vez

O Timor Leste se transformou no mais novo país do mundo ao declarar formalmente a sua independência na madrugada desta segunda-feira (tarde de domingo no horário de Brasília).

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, passou oficialmente o comando da administração do território ao novo governo, que proclamou a independência.

Durante o seu discurso, Annan afirmou que "nunca antes na história da humanidade tantas nações se uniram para ajudar um pequeno país como o Timor a se tornar independente".

Logo depois, a bandeira vermelha, amarela e preta do Timor Leste foi hasteada oficialmente pela primeira vez na capital do país, Dili, e o ex-líder guerrilheiro Xanana Gusmão tomou posse como presidente.

Referendo

Vários líderes mundiais foram ao Timor Leste para prestigiar a cerimônia, entre eles a presidente da Indonésia, Megawati Sukarnoputri, e o primeiro-ministro de Portugal, José Durão Barroso.

Milhares de timorenses festejaram a independência durante toda a noite em várias partes do país.

A cerimônia de independência foi antecedida por uma série de shows e danças tradicionais da região.

Os timorenses votaram pela independência num referendo em 1999, e o território vinha sendo administrado desde então pela ONU.

Cerca de 200 mil pessoas morreram na luta pela independência - muitas delas assassinadas por milícias pró-Indonésia na época do referendo.

O presidente Xanana Gusmão pediu à população que esqueça o passado e trabalhe para formar uma nova nação.

O ministro das Relações Exteriores do novo país, José Ramos Horta, afirmou que a independência do Timor Leste representa uma mensagem de "tolerância e perdão".

História

A independência do Timor Leste põe fim a mais de 300 anos de colonialismo no território.

O novo país foi uma colônia de Portugal do fim do século XVII até 1975, quando as forças portuguesas se retiraram do território.

Um partido de esquerda chegou a declarar a independência do Timor Leste naquele ano, mas o Exército da Indonésia invadiu o território em seguida.

Os indonésios controlaram o país com mão-de-ferro por 24 anos.

O Timor Leste é um dos países mais pobres da Ásia.

Clique aqui para ler detalhes da história recente do Timor Leste.
 
   E-MANCHETE
Assine o serviço da BBC Brasil para receber as principais notícias por e-mail.
   ORIENTE MÉDIO
Leia as últimas notícias e análises sobre o processo de paz entre Israel e os palestinos.







Notícias relacionadas:
02 de maio, 2002
  Xanana Gusmão se encontra com presidente da Indonésia
16 de abril, 2002
  Xanana Gusmão, o poeta guerreiro
Abril, 2002
  Especial: as eleições no Timor Leste
Links externos:
Governo do Timor Leste (em inglês)
Administração da ONU para o Timor Leste (em inglês)
A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo dos links externos indicados.
BBC World Service Logo ^^Volta ao início da página
Primeira Página | Saúde & Tecnologia | Economia | Cultura | Especial
Fórum | Aprenda inglês
---------------------------------------------------------------------------------------------------
Programação | Como Sintonizar
Parceiros | Sobre a BBC