Grã-Bretanha vai investigar bancos e salários de executivos

Royal Bank of Scotland

Royal Bank of Scotland é um dos bancos que recebeu dinheiro público

O governo da Grã-Bretanha vai encomendar uma investigação independente sobre a forma como os bancos são administrados no país e os salários e prêmios pagos aos altos executivos.

O ministro das Finanças, Alistair Darling, disse neste domingo ao jornal britânico The Sunday Telegraph que "as pessoas se sentem iradas com os excessos dos bônus dos bancos e que os diretores têm o dever de agir de forma responsável".

Diversos bancos britânicos receberam recursos do governo devido à atual crise financeira mundial. Alguns destes bancos pretendem anunciar nos próximos dias os bônus que serão pagos aos executivos.

Pacote

Segundo o jornal, o Royal Bank of Scotland (RBS) estaria preparando um pacote de bônus de cerca de US$ 1,5 bilhões para seus 177 mil funcionários, poucos meses depois de receber quase US$ 30 bilhões em dinheiro público para resgatar suas finanças.

O RBS confirmou que estava negociando com o governo a concessão de bônus aos funcionários, mas não divulgou nenhum número. O banco afirma que tem uma obrigação contratual com seus executivos, mas afirma que está buscando a melhor forma de efetuar os pagamentos.

Na quinta-feira passada, o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, havia dito que não pode haver "recompensa pelo fracasso" dos bancos que tiveram de ser resgatados com dinheiro dos contribuintes.

Nos Estados Unidos, o presidente americano, Barack Obama, havia pedido na quarta-feira a criação de um limite para o pagamento de bônus a executivos cujos bancos receberam ajuda financeira do governo.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.