Avião faz pouso de emergência após bater com cauda na pista

Avião
Image caption Ninguém ficou ferido no acidente com avião da Emirates.

Um avião da companhia Emirates com cerca de 225 pessoas à bordo precisou fazer um pouso de emergência na noite de sexta-feira quando a cauda da aeronave bateu na pista durante a decolagem.

O vôo EK407, que seguia para Dubai, sobrevoou por 45 minutos o aeroporto de Melbourne, na Austrália, para se desfazer de combustível, e pousou sem deixar nenhum ferido.

O acidente fez com que fumaça entrasse na cabine do A340 e teria também destruído algumas lâmpadas na pista de pouso.

Um passageiro disse ao canal Australian Broadcast Corp que o acidente foi "assustador".

"Eu detestaria passar por isso novamente", disse Catherine Edmunds.

A empresa aérea Emirates, de Dubai, disse em um comunicado que irá realizar uma investigação sobre as causas do acidente.

Um porta-voz do aeroporto de Melbourne afirmou à agência AFP que o avião "decolou muito inclinado, a cauda tocou o fim da pista de decolagem e (a aeronave) subiu, se estabilizou e voltou".

O porta-voz da autoridade de segurança de transportes australiana, Ian Brokenshire, afirmou que vários fatores podem fazer com que a cauda toque na pista, incluindo condições climáticas e problemas no carregamento do avião.

Os passageiros e a tripulação foram acomodados em hotéis e viajarão nos próximos vôos disponíveis.