Piratas somalis sequestram navio com tripulação americana

Patrulha antipirataria na Somália
Image caption Piratas somalis capturaram 15 navios no último mês

Piratas somalis sequestraram nesta quarta-feira um navio de carga dinamarquês com 21 tripulantes americanos a bordo.

A embarcação Maersk Alabama, de 17 mil toneladas, foi capturada no Oceano Índico a cerca de 645 km a leste da capital da Somália, Mogadíscio.

Não está claro qual seria a situação a bordo do navio no momento.

A agência de notícias Associated Press disse ter contatado um tripulante do navio que afirmou que a tripulação havia retomado o controle sobre o navio e que um pirata havia sido capturado.

Entretanto, o mesmo marinheiro, que não foi identificado, disse que os piratas mantêm o capitão do navio como refém em um bote salva-vidas.

Patrulha

Este é o sexto sequestro de navios por piratas da Somália nos últimos dias. Apenas nesta semana, uma embarcação britânica e outra taiwanesa foram capturadas.

O navio britânico estava em uma área fortemente patrulhada pelas forças europeias, que consiste em seis navios e dois aviões.

Outra dezena de patrulhas antipirataria atuam na região.

Mesmo assim, no último mês, os piratas somalis conseguiram capturar 15 navios - em janeiro e em fevereiro, o total havia chegado a dois.

Especialistas acreditam que no início do ano, os piratas sofreram com o mau tempo.

"Eles foram prejudicados, mas agora que o tempo melhorou, eles voltaram a atuar", disse Rashid Abdi, da organização International Crisis Group, com sede em Bruxelas, na Bélgica.

Notícias relacionadas

Links de internet relacionados

A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos de internet