Britânico de 11 anos viajava sozinho após visitar pais no Rio

Um menino britânico de 11 anos que viajava desacompanhado estava entre os passageiros do voo AF 447 que caiu na madrugada de segunda-feira.

Alexander Bjoroy, que estudava em um colégio interno em Bristol, no centro da Grã-Bretanha, voltava à Europa após passar férias com os pais, que moram no Rio de Janeiro.

"Naturalmente estamos profundamente consternados com a perda de nosso filho em circunstâncias tão trágicas", diz um comunicado emitido pelos pais do menino.

"Nossos pensamentos estão também com as famílias e amigos de todos aqueles que estavam a bordo", diz o comunicado.

Único neto

O avô de Alexander, William Dougill, que mora no País de Gales, disse: "Ele é meu único neto. Nós todos vamos sentir muita falta dele. Ele era maravilhoso".

Dougill disse ter mantido contato permanente com a filha e o marido, no Rio de Janeiro, desde que saíram as primeiras notícias sobre o desaparecimento do avião no meio do caminho entre o Rio e Paris.

Segundo ele, o casal viajava pelo mundo e já morou em vários países, mas queria que o filho fosse educado na Grã-Bretanha.

Para a diretora do Clifton College, onde Alexander estudava, o acidente foi uma "tragédia absoluta". "As crianças são inteligentes e entendem o que aconteceu. Tudo o que podemos fazer é oferecer a elas apoio de maneira apropriada", disse ela.

Notícias relacionadas