Queda de helicóptero mata 26 em região tribal do Paquistão

Helicóptero militar MI-17. Foto: AFP
Image caption O helicóptero teria caído em uma 'região hostil'

A queda de um helicóptero militar em uma região tribal no norte do Paquistão deixou 26 soldados mortos, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira pelo Exército do país.

O porta-voz das Forças Armadas, Athar Abbas, disse à BBC que o helicóptero MI-17 viajava da região tribal de Orakzai, perto da fronteira com o Afeganistão, para a cidade de Peshawar e caiu em uma “região hostil”.

O piloto teria acionado o alerta de emergência ao atravessar a área. O porta-voz não soube dizer se o piloto relatou tiros durante o alerta.

Abbas afirmou ainda que soldados paquistaneses foram enviados ao local do acidente e trocaram tiros com militantes na tentativa de manter a segurança dos destroços.

Segundo ele, o acidente não deixou sobreviventes.

Talebã

Ainda não se sabe o que teria provocado a queda, mas Abbas afirma que poderia se tratar de uma falha técnica.

As Forças Armadas informaram ainda que realizarão uma investigação sobre o incidente.

De acordo com o correspondente da BBC em Islamabad Mike Woodridge, o incidente acontece quando o Exército se prepara para levar a ofensiva contra o Talebã para o principal reduto da milícia na região tribal no noroeste do país, perto da fronteira afegã.

Na ofensiva mais recente, aviões militares teriam atacado posições do Talebã no Waziristão do Sul e do Norte.

A região, na fronteira afegã, é controlada por Baitullah Mehsud, um dos líderes mais importantes do Talebã.

Notícias relacionadas