Obama presta homenagem ao 'mentor' Ted Kennedy

Obama discursa durante missa em homenagem a Ted Kennedy, neste sábado (Getty Images)
Image caption Obama chamou Kennedy 'de defensor daqueles que não têm nada'

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participou, neste sábado, em Boston, de uma missa em homenagem ao senador Edward Kennedy, morto na última terça-feira em decorrência de um câncer no cérebro.

Durante a cerimônia, que precedeu o enterro do senador, marcado para este sábado, Obama classificou Edward Kennedy, mais conhecido pelo apelido Ted, como “um amigo e um mentor”.

Em seu discurso, o presidente dos Estados Unidos ainda afirmou que Kennedy foi “o maior legislador de nosso tempo” e “o defensor daqueles que não têm nada”.

Após a missa, que aconteceu em Boston, cidade natal do senador, o corpo de Kennedy será levado de avião até Washington, onde será enterrado no Cemitério Nacional de Arlington, pertos dos túmulos de seus irmãos Robert e o ex-presidente John Kennedy.

O caixão com o corpo do senador ficou exposto por dois dias na Biblioteca Presidencial John F. Kennedy, também em Boston. Cerca de 50 mil pessoas foram até o local para prestar a última homenagem a ele.

“Herói gentil”

Durante seu discurso, proferido na Basílica de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, o presidente dos Estados Unidos classificou Kennedy como um “herói gentil e delicado”.

“Eu o conheci como colega, mentor e, acima de tudo, como amigo”, disse Obama.

“Ele era a alma do Partido Democrata e o leão do Senado dos Estados Unidos”.

Citando algumas das tragédias que aconteceram com o clã Kennedy, Obama afirmou que “estes eventos teriam abalado um homem menor, mas este não era Ted Kennedy”.

Entre as personalidades que participaram da missa deste sábado estavam os ex-presidentes George W. Bush, Bill Clinton e Jimmy Carter.

Notícias relacionadas