Economia

Capital da ardósia em Minas Gerais sofre com a crise

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

O mundo inteiro sentiu o impacto da crise financeira. Mas a cidade de Papagaio, no interior de Minas Gerais, foi um daqueles lugares em que a batida foi de frente.

A economia da cidade depende em cerca de 80% da produção de ardósia. E mais de 90% da produção da pedra eram exportados para a construção civil nos Estados Unidos e na Europa - exatamente os setores mais afetados pela crise.

Neste último ano, foram fechadas 3,2 mil postos de trabalho dos cinco mil que existiam nas mineradoras e serradoras do município, o principal da chamada “província da ardósia de Minas Gerais”.

“O impacto aqui foi imediato. Em agosto do ano passado começou a crise lá e já em agosto nossas vendas começaram a despencar”, diz a presidente da Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (Amar-MG), Raquel Capanema.

O empresário Emilio Bouza foi um dos mineradores que suspenderam as atividades na pedreira por conta da queda na demanda.

O empresário Emilio Bouza. Foto Paulo Cabral

Bouza foi um dos que suspendeu as atividades na pedreira

“O que eu conseguia vender não cobria meu custo de operação e ainda ia acabando com a mina. No ano passado, o setor exportou mais de US$ 100 milhões, mas este ano não vamos nem chegar aos US$ 50 milhões”, disse Emilio.

Problema social

A pacata cidade do interior já começa a conviver com mais frequência com problemas velhos conhecidos nas grandes metrópoles.

“Já se percebe um aumento na criminalidade e na violência no município, mais uso de drogas, tanto licitas como ilícitas”, relata o prefeito Mario Reis (PSDB).

O motorista Sergio Silva contou sobre um assalto recente à casa de um vizinho.

“Isso nunca acontecia por aqui agora tem cada vez mais. A gente também nunca via gente catando resto no lixo e isso agora também já acontece”, disse.

Exportações de ardósia - Antes e Depois da Crise

Jan/jul 2008
US$ 65 milhoes
139 mil toneladas

Jan/jul 2009
US$ 37 milhões
88,5 mil toneladas

Fonte: Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (Amar-MG)

Falta de opção

Uma grande dificuldade é a pouca qualificação de grande parte dos trabalhadores na mineração de ardósia. Com a economia concentrada só num produto, fica difícil encontrar emprego quando as mineradoras demitem.

“Aqui não tem outro serviço, é só ardósia mesmo. Tem umas fábricas de cerâmica que estão começando mas tem pouco emprego ainda”, conta o desempregado Carlos Alexandre.

Muita gente de fora que tinha vindo trabalhar em Papagaio já voltou para suas cidades de origem e agora o município começa a perder seus próprios cidadãos.

Antonio Carlos. Foto Paulo Cabral

Antonio Carlos disse que vai se mudar para Pirapora

“Eu vou embora para Pirapora (de Minas, também no interior do Estado) para trabalhar em construção. Não adianta, aqui em Papagaio não tem trabalho e daqui a pouco meu seguro desemprego acaba”, disse Antônio Marcos.

Cigarros

Quem fica acaba tendo que sobreviver na informalidade. É o caso de Sebastião da Costa, que serrou ardósia por 20 anos até ser demitido seis meses atrás.

“Eu já estava meio doente e não era fácil aquele serviço pesado, mas se não tivessem me demitido eu estaria ainda lá, trabalhando”, disse.

Hoje ele recolhe palha de milho nas plantações da região, para a mulher fazer cigarros com fumo de rolo e vender no bairro.

“Alguma coisa a gente tem que fazer pra viver porque emprego não tem. Precisa entrar um dinheiro para eu pagar meu aluguel, que já está três meses atrasado, e para poder ir no armazém fazer uma boa compra para encher a pança dos meus filinhos”, disse Sebastião.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.