Ásia

McDonald's perde batalha judicial contra restaurante 'McCurry'

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

A rede de lanchonetes americana McDonald's perdeu nesta terça-feira uma batalha judicial de oito anos pela qual tentava impedir um restaurante na Malásia de usar o nome McCurry.

O McDonald's argumentava que o uso do prefixo "Mc" infringia seus direitos de uso da marca.

Mas a Corte Federal da Malásia determinou que não há provas de que o McCurry estivesse tentando se passar por parte do império McDonald's.

Os donos do restaurante malaio insistem que o "Mc" em sua marca seria uma abreviação para "Malaysian Chicken" ("Frango malaio", em tradução literal).

Longo processo

Donos do restaurante McCurry em Kuala Lumpur

Donos planejam abrir novas filiais no McCurry

O McDonald's, que possui mais de 180 lanchonetes na Malásia, processou o McCurry pela primeira vez em 2001.

Uma alta corte da Malásia deu uma sentença favorável à rede americana em 2006, mas o restaurante malaio conseguiu reverter o veredicto na Corte de Apelações.

O McDonald's então recorreu à Corte Federal, onde um painel de três membros descartou o processo por unanimidade.

"Estamos muito felizes pelo fato de essa batalha legal de oito anos ter finalmente terminado", disse P. Suppiah, proprietário do McCurry. "Podemos agora seguir com nossos planos, como, por exemplo, abrir novas filiais."

O restaurante foi inaugurado em Kuala Lumpur em 1999 e serve pratos da cozinha indiana.

Advogados do McDonald's afirmaram que a empresa aceitou a decisão judicial.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.