França pede fim dos beijos para evitar gripe

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Autoridades de saúde na França estão pedindo que a população evite qualquer tipo de contato físico para reduzir as chances de contágio por gripe suína.

Algumas escolas e empresas chegaram a proibir o beijo no rosto, o cumprimento tradicional na França.

Uma agência de monitoramento de gripe suína no país acaba de anunciar que o país pode ter até 20 mil novos casos de gripe suína a cada semana.

O número é contestado pelo Ministério da Saúde, mas a central de atendimento telefônico do governo ainda recomenda que se evite abraços e apertos de mão.

Laptops

Funcionários de escritórios concordaram em tomar diversas medidas para diminuir as chances de contaminação pela doença, incluindo limpar as mãos frequentemente com gel antibactericida e até usar máscaras.

Muita gente recebeu laptops para trabalhar de casa, caso o número de pessoas com gripe suína se eleve repentinamente.

O governo francês não parece disposto a arriscar e recomenda até mesmo uma distância de segurança de um metro de qualquer pessoa com suspeita de gripe, mas a ideia de suspender os beijos ainda não está sendo amplamente adotada no país.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.