Deslizamentos deixam pelo menos 160 mortos nas Filipinas

Enchentes em Manila, 02/10/09
Image caption Na última semana, a passagem do tufão Parma causou enchentes

Pelo menos 160 pessoas morreram nesta sexta-feira em deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas que atingem o norte das Filipinas.

A maioria das mortes ocorreram na província de Benguet.

As chuvas ainda são remanescentes do tufão Parma, que atingiu a ilha de Luzon, ao norte do arquipélago, no sábado.

As represas estão transbordando por causa do volume de água das chuvas e as barragens tiveram que ser abertas, liberando um grande volume água que inundou grandes áreas da região.

Segundo a mídia local, cerca de 60% da área província de Pangasinan foram inundados, incluindo 30 cidades. Há relatos de que as águas estariam atingindo até o 2º andar de diversos prédios.

O Conselho Nacional de Coordenação de Desastres afirmou que milhares de pessoas estão presas nos telhados das casas e em locais mais elevados, tentado escapar das enchentes.

Há duas semanas, as Filipinas foram atingidas pelo tufão Ketsana, que deixou mais de 240 mortos. Após uma semana, a passagem do tufão Parma também causou danos e prejudicou os moradores da região, deixando centenas de desabrigados.

Notícias relacionadas