Milhares de gays fazem protesto em Washington

Marcha gay em Washington
Image caption Marcha reuniu milhares de gays e simpatizantes na capital americana

Milhares de ativistas gays foram às ruas de Washington neste domingo para pedir mais direitos civis aos homossexuais no país. Eles marcharam da Casa Branca até o Capitólio.

O protesto aconteceu um dia depois de o presidente americano, Barack Obama, prometer trabalhar contra a proibição de pessoas assumidamente gays de servirem nas Forças Armadas americanas.

Os manifestantes em Washington pediram por mais esforços para facilitar uniões civis estáveis entre pessoas do mesmo sexo. Eles carregavam cartazes pedindo que Obama cumpra sua promessa de pôr fim à proibição de gays nas Forças Armadas.

"Se alguém não tem os mesmos direitos, então nenhum de nós é livre", disse o ativista Jason Yanowitz, de 37 anos, à agência de notícias Associated Press.

Obama tem sido criticado pela comunidade gay por agir muito lentamente na defesa dos direitos dos homossexuais. Ele também tem sofrido críticas por não cumprir sua promessa de acabar com a Lei de Defesa do Casamento, que limita como órgãos locais e federais podem reconhecer as parcerias entre gays e determinar os benefícios delas.

'Não pergunte, não conte'

No sábado, Obama, disse que acabará com a restrição para que homossexuais sirvam no Exército.

Obama disse que vai acabar com a política do "não pergunte, não conte" que permite que gays sejam militares se não revelarem sua orientação sexual.

A declaração foi feita em um discurso para milhares de gays e lésbicas durante um evento do maior grupo gay do país, o Human Rights Campaign, em Washington.

O presidente disse que os Estados Unidos não podem perder pessoas que têm habilidades muito necessárias para batalhas.

"Nós não deveríamos estar punindo americanos patriotas que se ofereceram para servir o país", disse.

"Nós deveríamos estar celebrando a disposição deles para dar um passo adiante e mostrar tamanha coragem."

Leia também: Obama promete acabar com restrições a gays no Exército

Notícias relacionadas