Colisão de trens mata 22 pessoas na Índia

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

Uma colisão entre dois trens de passageiros na cidade de Mathura, no norte da Índia, deixou 22 mortos e mais de 20 feridos.

Um funcionário ferroviário afirmou que um dos trens, o Expresso Mewar, estava parado em um sinal vermelho quando o Expresso de Goa bateu na parte de trás pouco antes das cinco horas da manhã (horário local).

De acordo com o correspondente da BBC em Nova Déli, Sanjoy Majumder, o último vagão do Expresso Mewar teria sido praticamente destruído.

As equipes de resgate tiveram que usar maçaricos para entrar no trem pelas janelas e retirar os passageiros presos dentro do vagão. Cerca de 22 pessoas foram levadas para o hospital local.

As autoridades afirmaram que a operação de resgate já acabou e todos os nomes dos passageiros já foram conferidos.

Equipes do Exército foram enviadas ao local e se juntaram às equipes civis de resgate para a retirada dos passageiros do local da colisão.

As causas da colisão ainda são desconhecidas. O ministro das Ferrovias, Mamata Bannerj, anunciou o início de um inquérito.

A rede ferroviária do país, que é estatal, forma uma imensa rede que liga todos os cantos da Índia, operando 9 mil trens de passageiros e transportando 18 milhões de pessoas diariamente.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.