Britânica acusa vizinho de pedofilia em site após briga por barulho

Lucke Chatfield e a esposa, Karen
Image caption Lucke Chatfield e a esposa dizem que a alegação 'quase destruiu' suas vidas

Uma mulher britânica foi multada após acusar o vizinho de pedofilia em um site na internet após uma briga por causa de barulho.

Luke Chatfield, de Manchester, no norte da Inglaterra, disse que após reclamar à vizinha Sally Pepper sobre sua música alta, ela colocou "mentiras maldosas" em uma página no site de relacionamentos sociais Facebook destinada a denunciar pedófilos.

Pepper escreveu na página sobre pedófilos: "Eu conheço um outro, Luke Chatfield, ele trabalha no café BBs, Stretford Arndale."

Um outro usuário respondeu: "Alguém sabe o número da casa dele?"

Emprego

Chatfield disse que descobriu que o nome dele estava no site através de um colega de trabalho. Ele se disse forçado a deixar o emprego, foi insultado na rua e teve que instalar um alarme em sua casa.

Image caption Sally Pepper disse que não se arrepende do que fez

"Bolas de neve foram lançadas contra a minha casa e os meus três filhos pequenos ficaram com medo de ir ao jardim da frente para não ver a vizinha", disse.

"Ela quase destruiu a minha vida", afirmou Chaterfield, que também faz trabalho voluntário na escola dos filhos e tem bons antecedentes.

A polícia disse que Pepper foi obrigada a pagar uma multa equivalente a cerca de R$ 230 por ter colocado na internet uma mensagem falsa passível de causar sofrimentos a alguém.

Pepper disse à BBC que ela estava "uma pilha de nervos" e queria mudar de casa. A britânica disse que não se arrepende de ter colocado a mensagem falsa na internet.

Uma equipe de mediação da polícia está tentando resolver as divergências entre os vizinhos relativas ao barulho.