Grã-Bretanha

Ex-morador de rua fotografa príncipe William para exposição

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

(Imagens: cortesia Crisis)

O príncipe William, segundo na linha de sucessão da coroa britânica, posou para uma sessão de fotografias tiradas por um ex-morador de rua.

Jeff Hubbard, de 53 anos, fez as fotos para uma exposição realizada pela organização não-governamental Crisis, que lida com moradores de rua.

Hubbard, que vive no bairro de Hackney, no leste de Londres, tirou as fotos em janeiro, no estúdio do conhecido fotógrafo Rankin.

O príncipe também tirou algumas fotos de Hubbard, sob a direção de Rankin.

A sessão ocorreu pouco antes de o príncipe partir para a Nova Zelândia em sua primeira missão oficial representando a rainha Elizabeth 2ª.

Experiência

Algumas das fotos serão leiloadas e também foram publicadas em 14 páginas da revista britânica Hello!.

O príncipe escreveu uma introdução no catálogo que acompanha a exposição.

Segundo ele, a produção que os dois criaram juntos "é um lembrete da forma como todos nós – independentemente do caminho que nossas vidas tomaram – somos, no final das contas, vizinhos e dividimos uma ligação em comum", disse William.

"A experiência de Jeff como morador de rua foi isoladora e traumática, mas agora, com a ajuda da Crisis, a vida dele tem esperança e propósito novamente", acrescentou.

Nas ruas

Hubbard havia virado morador de rua depois de perder seu negócio e seu casamento e se viciar em drogas.

"Quando o príncipe William chegou, eu senti que ele também estava um pouco nervoso", disse Hubbard.

"Eu mostrei a câmera que iríamos usar para ele e passamos a sessão de fotos conversando."

"Fiquei muito orgulhoso e feliz porque sabia que tinha capturado algo único em minhas fotografias", acrescentou. "Eu ainda não acredito que fiz isso."

Em dezembro, William passou uma noite dormindo na rua para a organização Centrepoint, da qual é patrono.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.