Enchentes no Rio

Fotos da Nasa mostram chegada de temporal ao Sudeste do Brasil

FOTOS DE SATÉLITE MOSTRAM RIO DE JANEIRO

  • Imagem da região Sudeste do Brasil - Foto: NASA/MODIS Rapid Response
    A Nasa, agência espacial americana, registrou imagens de satélite da região Sudeste do Brasil antes e depois das fortes enchentes no Rio. Acima, uma imagem do dia 29 de março, com a cidade assinalada em vermelho (Fotos: NASA/MODIS Rapid Response).
  • Imagem da região Sudeste do Brasil - Foto: NASA/MODIS Rapid Response
    As imagens foram captadas por dois satélites que orbitam o planeta Terra e cobrem toda a superfície terrestre a cada um ou dois dias. Acima, uma imagem da região do Rio no dia 5 de abril, às 10h da manhã.
  • Imagem da região Sudeste do Brasil - Foto: NASA/MODIS Rapid Response
    Segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, o temporal que começou no final da tarde de segunda-feira, dia 5 de abril, foi um dos maiores que já atingiu a cidade, com 288 milímetros de chuva em menos de 24 horas. Acima, imagem do dia 5, às 14h25.
  • Imagem da região Sudeste do Brasil - Foto: NASA/MODIS Rapid Response
    As nuvens que cobriram a região no dia 5 persistiram no dia 6 de abril, como mostram as fotos dos satélites da Nasa. De acordo com a agência, os satélites raramente captam enchentes rápidas, pois o maior volume de água já diminuiu quando as nuvens se dispersam.
  • Imagem da região Sudeste do Brasil - Foto: NASA/MODIS Rapid Response
    A foto dos satélites da Nasa mostra que, na tarde do dia 6 de abril, às 15h05, as nuvens ainda cobriam a região Sudeste do Brasil. As ilhas maiores mostradas no mapa são Ilhabela e Ilha Grande.

Imagens registradas por satélites da Nasa, a agência espacial americana, revelam a chegada das nuvens que causaram fortes chuvas no Rio de Janeiro e na região Sudeste do Brasil no início desta semana.

Os instrumentos dos satélites da Nasa fizeram imagens que mostram as nuvens cobrindo todo o litoral da região na manhã e na tarde da última segunda-feira, dia 5 de abril, quando foi registrada a maior quantidade de chuvas.

Segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, o forte temporal dos últimos dias foi um dos maiores que já atingiu a cidade, com 288 milímetros de chuva em menos de 24 horas. As enchentes causaram mais de cem mortes em todo o Estado.

As fotos registradas pela Nasa foram feitas pelo MODIS (Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer), um instrumento presente em dois satélites que orbitam a Terra - o Aqua e o Terra.

Os dois satélites observam a superfície inteira do planeta a cada um ou dois dias, para a coleta de dados.

A Nasa afirma que as informações coletadas pelos satélites com a ajuda do MODIS podem auxiliar na compreensão dos processos que ocorrem em terra, nos oceanos e na atmosfera.

De acordo com a agência, o MODIS tem um papel importante no desenvolvimento de um sistema de modelos capaz de prever mudanças globais de forma mais precisa, para a elaboração de políticas e decisões para a proteção do meio ambiente.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.