Líder do Irã diz que cúpula nuclear é 'humilhante'

Mahmoud Ahmadinejad (arquivo)
Image caption Ahmadinejad afirma que o programa nuclear do Irã tem fins pacíficos

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse que a Cúpula sobre Segurança Nuclear organizada pelo governo americano em Washington nesta segunda-feira é “humilhante” para a humanidade.

"Cúpulas mundiais organizadas nestes dias têm o objetivo de humilhar os seres humanos", disse Ahmadinejad a delegados em um evento da indústria do turismo na capital iraniana, Teerã, de acordo com a agência de notícias iraniana Irna.

O Irã não foi convidado para a reunião que pode discutir novas sanções contra o governo iraniano por causa de seu programa nuclear.

Teerã alega que o programa tem fins pacíficos, mas muitos países, entre eles os Estados Unidos, temem que os iranianos estejam tentando desenvolver armas atômicas.

Brasil

Ouvidos pela BBC Brasil, analistas disseram que a posição brasileira de rejeitar novas sanções contra o Irã poderá ser posta em xeque caso a China decida apoiar as medidas.

Leia mais na BBC Brasil: Adesão da China a sanções contra Irã pode isolar Brasil

Mais de 50 países estarão representados no encontro em Washington, incluindo Israel, Índia e Paquistão, que não são signatários do Tratado de Não-proliferação nuclear.

A reunião foi convocada pelo presidente americano, Barack Obama, com o objetivo de discutir o perigo de que material nuclear caia em mãos de grupos extremistas, como a Al-Qaeda.

Segundo Obama, tal risco representa uma crescente ameaça à segurança internacional.

Notícias relacionadas