Australiano de 90 anos é preso por abusar de menores na Tailândia

Um australiano de 90 anos foi preso na Tailândia acusado de estuprar e cometer outros abusos sexuais contra quatro irmãs tailandesas com idades entre 7 e 14 anos, informou o jornal tailandês Bangkok Post.

A polícia da cidade de Chiang Mai prendeu Joseph Kraus Karl, um alemão naturalizado australiano, depois que os pais das meninas apresentaram queixa contra ele.

Os pais acreditam que Karl atraiu as meninas para sua casa com doces e balas, e temem que os abusos tenham ocorrido em várias ocasiões desde 2008.

A polícia do distrito de Doi Saket, onde fica a casa do suspeito, afirmou ter encontrado fotografias e gravações em vídeo dos abusos, informou o jornal.

A polícia ainda indiciou o australiano por falso testemunho à Embaixada australiana, depois que ele acusou a polícia tailandesa de tentativa de extorsão.

Ele insiste ter sido vítima de extorsão em uma acusação anterior de estupro.

Segundo o chefe da polícia, Kritapol Yeesakom, as meninas foram convidadas – duas de cada vez – à casa dele em diferentes ocasiões, entre 17 de julho de 2008 e 14 de junho deste ano.

Segundo o jornal, três das meninas teriam sido violentadas, e a quarta teria sido forçada a praticar sexo oral.

O réu teria dado dinheiro às vítimas após os abusos, informou o chefe da polícia.

A polícia disse ainda que um homem contratado por Karl teria confessado ter enviado vídeos pornográficos caseiros para destinatários em países estrangeiros.

Kritapol informou que a polícia agora investiga se Karl faz parte de uma rede internacional de pedofilia, informou o Bangkok Post.

Notícias relacionadas