Elano não enfrenta Holanda e pode estar fora da Copa

O meia Elano não jogará a próxima partida do Brasil e pode perder o resto da Copa do Mundo devido a uma lesão no tornozelo direito.

O médico da seleção, José Luís Runco, disse nesta quarta-feira em Johanesburgo que Elano tem um problema no osso do tornozelo e que sua recuperação pode levar "dias, semanas ou meses".

Elano sofreu uma pancada no local no jogo contra a Costa do Marfim, o segundo da seleção na Copa e não jogou as últimas duas partidas do Brasil, sendo substituído por Daniel Alves.

Nesta quarta-feira, Elano reclamou que o árbitro da partida, o francês Stephanne Lannoy, não coibiu a violência dos africanos, que culminou na sua lesão.

Runco disse que os outros dois jogadores lesionados da seleção - Felipe Melo e Júlio Baptista - treinarão nesta quarta-feira, mas não estão confirmados para a partida contra a Holanda, na sexta-feira em Port Elizabeth.

Dividida

Elano e o médico da seleção fizeram o anúncio do problema do jogador antes de uma entrevista coletiva no hotel da seleção em Johanesburgo.

"Logo depois que aconteceu o problema, eu tive uma melhora. Nesse momento fizemos o exame e infelizmente agora chegamos a uma conclusão mais certa sobre o que eu tenho", disse Elano, que estava abatido durante o anúncio e a entrevista.

O jogador está com um edema ósseo, que é uma inchação na parte interna do osso. O problema foi provocado pelo choque que sofreu em lance com o jogador Tiote, da Costa do Marfim.

Na imagem em câmera lenta do lance, mostrada pela TV, pode ser visto claramente que Tiote atinge a perna de Elano com as travas da chuteira, enquanto o jogador brasileiro visava a bola na jogada dividida.

'Papai do Céu'

"No domingo, antes do último jogo, ele trabalhou bem, mas depois disse que alguma coisa o incomodava e que não se sentia seguro. Ontem [terça-feira] ele iniciou de novo o trabalho. No momento em que forçou um pouco mais, se queixou de incomodo", disse Runco.

Após ressonância realizada esta semana, o edema foi detectado.

"Ele está tratando. Isso pode levar mais alguns dias, semanas ou um mês. Não há um tempo definido. Ele vai ficar pelo menos até o final desta semana fazendo trabalho físico sem impacto", afirmou o médico.

Perguntado se Elano está fora da Copa, o médico respondeu que "não seria tão categórico", mas frisou que a recuperação do atleta depende da "natureza" e "do Papai do Céu".

"Nós vamos fazer o que na medicina se chama de 'Menu a la Carte'. Cada dia vamos observando como ele vai evoluindo e ele vai nos posicionando."

Elano disse que no lance da sua lesão, se estivesse com a perna fixa no chão, poderia ter até quebrado o tornozelo.

"Eu não gosto de ficar reclamando, até porque eu ainda não estou descartado e tenho esperança de melhorar", disse o jogador. "Mas no momento do lance, mesmo com dor, eu tive oportunidade de falar para o árbitro: 'você nem falta deu'."

"Eu acho que precisa ser revisto esse tipo de violência, como aconteceu comigo e com o Felipe Melo. Prejudica só quem se machuca", disse o jogador.

Notícias relacionadas