Chefe de fundo de Mandela ficou com diamantes dados a Naomi Campbell

Naomi Campbell
Image caption Inicialmente, o fundo de Nelso Mandela negou ter recebido diamantes

O ex-chefe da organização de caridade Fundo Nelson Mandela para a Infância (NMCF, na sigla em inglês) Jeremy Ractliffe disse nesta sexta-feira que recebeu diamantes brutos da modelo Naomi Campbell.

Em um depoimento na quinta-feira no julgamento do ex-presidente da Libéria Charles Taylor, acusado de crimes de guerra, Campbell havia dito que recebeu uma bolsa com as pedras e que havia doado as pedras ao fundo.

Taylor é acusado de ter financiado um rebeldes durante a guerra civil de Serra Leoa com diamantes brutos.

"Naomi Campbell me deu três pequenos diamantes brutos no Blue Train (trem de luxo sul-africano) em 26 de setembro de 1997", disse Jeremy Ractliffe por meio de um comunicado. Até agora, o fundo vinha negando ter recebido os diamantes de Campbell.

Leia mais na BBC Brasil sobre o depoimento de Naomi Campbell

Reputação

Campbell disse ter recebido as pedras após um jantar na casa do então presidente sul-africano Nelson Mandela, em 1997, no qual Taylor também foi um dos convidados. Na ocasião, ela teria sido acordada durante a noite por dois homens que lhe entregaram uma pequena bolsa com o presente, aberta somente no dia seguinte.

A modelo britânica disse que o jantar na casa de Mandela foi a primeira e única vez que se encontrou com Taylor, que antes nunca ouvira falar nem no presidente nem mesmo na Libéria e que não tinha provas de que os diamantes vinham do ex-presidente.

"Naomi sugeriu que eles (os diamantes) poderiam ajudar o Fundo Nelson Mandela para a Infância, mas respondi que não gostaria de envolver o NMCF em nada possivelmente ilegal", disse Ractliffe.

Atualmente ainda um dos administradores da instituição, Ractliffe disse ter aceitado os diamantes por pensar que seria ilegal para a modelo tirá-los da África do Sul.

"No final, resolvi ficar com eles", disse. "Um fator que me influenciou a não dizer nada a ninguém foi para proteger a reputação do NMCF, do próprio Mandela e de Naomi Campbell."

As leis sul-africanas dizem que, para estar de posse de um diamante bruto, é necessário ter também documentos provando a origem da pedra.

As alegações vieram à tona no ano passado, quando a atriz Mia Farrow, que também estava presente no evento, soube que Taylor estava sendo julgado por crimes de guerra.

Ela escreveu ao tribunal dizendo que Naomi Campbell contou ter recebido os diamantes brutos.

Notícias relacionadas