Russo morre em Campeonato Mundial de Sauna

Vladimir Ladyzhensky e Timo Kaukonen
Image caption Vladimir Ladyzhensky (E) morreu e Timo Kaukonen foi hospitalizado

O Campeonato Mundial de Sauna, que acontecia neste final de semana na Finlândia, terminou em tragédia, com a morte de um dos finalistas.

O russo Vladimir Ladyzhensky e o finlandês Timo Kaukonen, que disputavam a final do torneio, foram levados ao hospital, depois de desmaiarem. Poucas horas depois, o russo faleceu.

A morte do russo ainda está sendo investigada pela polícia. Pela competição, os participantes precisam aguentar uma sauna com temperatura a 110 graus pelo maior tempo possível.

A competição acontecia em Heinola, 138 quilômetros ao norte da capital Helsinki.

O organizador do campeonato, Ossi Arvela, disse que todas as regras da competição foram seguidas normalmente. Ele disse, em um pronunciamento, que os organizadores do campeonato estão arrasados com a morte do competidor russo.

Arvela disse que a polícia já inspecionou o local onde aconteceu o campeonato, e que a morte do russo está sendo investigada. Fotos tiradas por agências de notícias sugerem que ambos os competidores sofreram queimaduras e desmaiaram.

"Todas as regras foram cumpridas e havia gente suficiente para dar os primeiros socorros. Todos os participantes precisam entrar na competição com atestado médico", disse Arvela.

O finlandês Kaukonen, que foi campeão no ano passado, está hospitalizado na cidade de Lahti.

Notícias relacionadas