Apesar de violência, COI diz confiar que Rio 2016 será segura

Blindado da polícia em frente ao Hotel Intercontinental, em São Conrado
Image caption Homens armados invadiram hotel cinco estrelas em São Conrado

A violência do sábado no Rio de Janeiro não representa uma ameaça à realização dos Jogos Olímpicos de 2016 de maneira segura na cidade, segundo o Comitê Olímpico Internacional (COI).

“No passado, o Rio e o Brasil mostraram que são capazes de abrigar eventos de grande porte de maneira segura”, afirmou à BBC Brasil uma porta-voz da organização.

“Temos total confiança na capacidade das autoridades brasileiras de realizarem Jogos seguros daqui a seis anos”, disse a porta-voz Emmanuelle Moreau.

Ela observou que “a segurança é um aspecto importante de qualquer Jogos Olímpicos, não importa onde no mundo eles sejam, e é uma prioridade para o COI”.

A porta-voz lembra, porém, que “os planos para segurança são de responsabilidade dos governos”.

Segundo ela, a confiança na capacidade das autoridades brasileiras e cariocas de garantirem a segurança dos Jogos foi expressa pela comissão de avaliação do COI que analisou a candidatura do Rio a abrigar a Olimpíada.

A invasão de um hotel de luxo em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, por um grupo de homens fortemente armados após um tiroteio com a polícia teve repercussão internacional.

Das 35 pessoas mantidas como reféns dentro do Hotel Intercontinental, entre hóspedes e funcionários, várias eram estrangeiras.

Notícias relacionadas