Em reunião com Lula, Mantega diz que economia pode crescer 8% este ano

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, voltou a ampliar suas estimativas sobre o crescimento da economia brasileira este ano.

Durante uma apresentação feita a ministros e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quinta-feira, o ministro falou que o Produto Interno Bruto do país deve crescer de 7,5% a 8% em 2010.

No mês passado, Mantega falou em uma expansão de até 7,5% a uma plateia de investidores estrangeiros. Em setembro, a projeção era de um crescimento de 7%.

A decisão do Fed (Federal Reserve, o banco central americano) de ampliar o volume de dólares em circulação também foi duramente criticada pelo ministro brasileiro durante a reunião.

Segundo ele, não adianta os Estados Unidos jogarem dólares “pelo helicóptero”, pois medidas como essa não farão “brotar” o crescimento econômico no país.

"Esse é um problema que pode se agravar se os Estados Unidos persistirem nessa política. Vamos insistir para que os EUA modifiquem essa política e tenham outras alternativas", disse o ministro, que na próxima semana participa da reunião do G20, em Seul.

A emissão de moeda nos Estados Unidos tende a desvalorizar o dólar frente a outras moedas, prejudicando as exportações em outros países, como o Brasil.