.br: Governo anuncia sete integrantes para equipe de transição

Os nomes de mais sete integrantes da equipe de transição para o governo da presidente eleita, Dilma Rousseff, foram publicados nesta segunda-feira no Diário Oficial da União por meio de uma portaria assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Carlos Esteves Lima.

Integram a lista Clara Levin Ant, que atuou como assessora especial da Presidência e trabalhou na campanha de Dilma Rousseff, a jornalista Helena Maria de Freitas Chagas (ex-diretora da Empresa Brasil de Comunicação) e Paulo Leonardo Martins.

Outros nomeados já trabalharam na Casa Civil, como o ex-secretário-executivo adjunto Giles Carrionde Azevedo, Cleonice Maria Campos Dorneles, ex- assessora do gabinete da Casa Civil, a ex-assessora técnica da subchefia de análise e acompanhamento de políticas governamentais, Marly Ponce Branco e o ex-assessor especial Anderson Braga Dorneles.

Criado no fim do governo Fernando Henrique Cardoso, o sistema de transição permite ao presidente eleito se inteirar dos processos e dos principais trabalhos nos ministérios. Para isso, pode formar uma equipe de 50 pessoas, com um orçamento de R$ 2,8 milhões.

A equipe de transição inicia oficialmente seus trabalhos nesta segunda-feira.

Na semana passada, a presidente eleita já havia anunciado que a coordenação política da equipe de transição de governo será conduzida pelo vice-presidente eleito, Michel Temer (PMDB), pelo presidente do PT, José Eduardo Dutra, e pelos deputados federais Antonio Palocci e José Eduardo Cardozo (ambos do PT-SP).