China

Chinês sobrevive 'pescando' corpos em rio

Player

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Executar com Real Media Player OU Windows Media Player

O Rio Amarelo atravessa o coração da China e na região central de Gang Zou, as águas lamacentas revelam um lado sinistro da vida chinesa.

O barqueiro Wei Xingpeng ganha a vida pescando cadáveres. Ele navega no Rio Amarelo em busca de corpos, que recupera para as famílias por uma taxa.

Ele diz que o serviço que oferece recupera a dignidade dos mortos. O rio leva os corpos para locais como estes, ondem ficam protegidos da correnteza.

Em sete anos, o barqueiro encontrou nada menos que 500 corpos. Ele cobra uma taxa simbólica para que parentes que querem reconhecer os corpos e o equivalente a até 860 reais por cadáver.

O barqueiro conta que começou a recuperar corpos no rio depois de uma experiência dolorosa. Ele perdeu o próprio filho, afogado.

A principal fonte da renda do barqueiro fica oitenta quilômetros rio acima. Landjou era uma cidade pobre do interior chinês que se transformou num importante centro industrial.

Mas o desenvolvimento trouxe a reboque assassinatos, suicídios e morte de todos os tipos.

Pon Chu Jah busca a mulher desaparecida e procurou o barqueiro.

Ele diz que é quase impossível encontrar desaparecidos, porque há tantas pessoas que a situação é caótica.

Sem apoio das autoridades, o barqueiro acaba sendo a última esperança de gente como Peng Chu Jia

Com o crescimento acelerado da China, é inevitável que a corrente do Rio Amarelo leve mais negócios até o barqueiro.

Tópicos relacionados

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.