Deputado britânico é expulso do Parlamento europeu por citação nazista

Godfrey Bloom/Reuters
Image caption Bloom foi retirado do Parlamento após os comentários

Um deputado britânico foi expulso nesta quarta-feira do Parlamento europeu após dirigir um slogan nazista a um colega alemão.

Godfrey Bloom, do pequeno partido nacionalista Independence Party, disse em alemão "Ein Volk, Ein Reich, Ein Führer" (ou "Um Povo, um Império, um Líder") enquanto o líder do bloco socialista, o alemão Martin Schulz, discursava para 736 deputados.

Schulz interrompeu seu discurso, no qual cobrava um maior esforço da Grã-Bretanha para a estabilização da zona do euro e denunciou Bloom.

"Não sei se muita gente escutou isso... existem pessoas na Alemanha que falam isso e luto contra este espírito em tudo o que faço, mas não estou certo de que ele (Bloom) também o faz", disse Schulz.

Controle

O presidente do Parlamento, o polonês Jerzy Buzek, pediu para que o britânico se desculpasse, mas Bloom respondeu que "as opiniões demonstradas por 'Herr' Schulz justificaram (seus comentários). Ele é um fascista antidemocrático".

Buzek então expulsou Bloom do recinto. O parlamentar britânico ainda tentou voltar para a votação, sendo novamente retirado por seguranças.

Líderes de cinco partidos representados pediram para que sejam impostas sanções severas a Bloom, dizendo por meio de um comunicado que "não podemos aceitar que membros do Parlamento Europeu insultem seus colegas de uma forma que lembra os piores momentos de nossa história".

Após o incidente, Bloom disse que a União Europeia "já controla as economias da Irlanda e Grécia e, sem dúvida, outras se seguirão".

Notícias relacionadas