Fifa diz ter 'total confiança' em planos de segurança do Brasil

Tanques nas ruas do Rio
Image caption Brasil está planejando a segurança com agências externas, diz Fifa

Apesar da onda de violência que tem assolado o Rio de Janeiro nos últimos dias, a Fifa e o Comitê Olímpico Internacional (COI) declararam ter “total confiança” em que o Brasil implementará planos adequados de segurança para a realização da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016.

“As autoridades brasileiras já estão trabalhando de perto com as maiores agências internacionais de segurança e com a Interpol para desenvolver o plano de segurança para a Copa”, afirmou nesta quinta-feira à BBC Brasil a assessoria de imprensa da federação de futebol, com sede em Genebra.

A Fifa afirma ainda que as autoridades brasileiras também já começaram a realizar um trabalho prévio e durante a Copa do Mundo de 2010, com seus respectivos correspondentes sul-africanos nessa área, “para obter maior ajuda em relação à compreensão desse processo operacional”.

“A Fifa tem total confiança nas autoridades brasileiras para assegurar que os planos adequados estão sendo implementados”, declarou a federação.

O Comitê Olímpico Internacional disse em comunicado divulgado na quarta-feira que vem discutindo a questão diretamente com o comitê Rio 2016 e “expressa confiança em que haverá segurança adequada para os Jogos”.

Segundo Andrew Mitchell, porta-voz do COI, “as medidas de segurança são de responsabilidade dos governos. No passado, o Rio e o Brasil mostraram que são capazes de receber grandes eventos com segurança”.

“Temos grande confiança na capacidade das autoridades brasileiras de realizarem jogos seguros no prazo de seis anos”, declarou o COI no comunicado.

“A segurança é um aspecto muito importante de quaisquer Jogos Olímpicos, em qualquer parte do mundo, e é uma prioridade para o COI”, diz o porta-voz.

Notícias relacionadas