Secretário de Saúde do Rio deve assumir ministério, diz Cabral

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, afirmou nesta terça-feira que o atual secretário de Saúde do Estado, Sérgio Côrtes, deverá ser o próximo ministro da Saúde.

"Já foi feito um convite. Eu já o consultei, e ele aceitou. Mas é evidente que ele vai ter que sentar com a presidenta e conversar”, disse Cabral, segundo a Agência Brasil, durante a inauguração da 13ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), no Morro dos Macacos.

Cabral disse que conversou “longamente” nessa segunda-feira com a presidente eleita, Dilma Rousseff, em Brasília. Segundo ele, um dos assuntos abordados foi o possível convite para Côrtes assumir o ministério.

“Ela foi muito enfática, na campanha, na admiração do trabalho que realizamos aqui na área da saúde pública", afirmou o governador. "Para nós, é uma honra".

O ex-ministro da Fazenda e deputado federal Antonio Palocci (PT-SP), integrante da equipe de transição, chegou a ser cotado para assumir a pasta da Saúde.