Dilma nega que já tenha escolhido ministro da Saúde

A presidenta eleita, Dilma Roussef, disse nesta quarta-feira que ainda não escolheu o próximo ministro da Saúde, que substituirá José Gomes Temporão.

Na véspera , o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, havia dito que seu secretário de Saúde, Sérgio Côrtes, teria sido convidado para assumir a pasta.

De acordo com a Agência Brasil, o deputado federal José Eduardo Cardozo (PT-SP), um dos coordenadores da transição, reiterou a observação de Dilma. "Ela apenas comentou que vai escolher uma pessoa com extrema capacidade no desempenho da função”, disse.

Segundo Cardozo, Dilma também disse que não tem a intenção de retomar a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). “Ela fez duas observações: há subfinanciamento na saúde, mas também há subgestão. O primeiro passo de seu governo será atuar na subgestão.”

De acordo com o deputado, a questão do subfinanciamento não passa necessariamente pela volta da CPMF ou pela criação de novos tributos.