Alta do petróleo ameaça recuperação econômica, diz AIE

Petróleo
Image caption Custo de importação do petróleo aumentou 30% no último ano.

O alto preço do petróleo registrado atualmente vai ameaçar a recuperação econômica em 2011, de acordo com a Agência Internacional de Energia (AIE).

Segundo a organização, os custos de importação do petróleo para países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) aumentaram 30% no último ano, chegando a US$ 790 bilhões.

Esse valor é equivalente à redução de 0,5% do Produto Interno Bruto dos membros da OCDE.

A agência da ONU para a agricultura e a segurança alimentar (FAO) afirmou que a alta do petróleo pressionou os preços dos alimentos, que tiveram um aumento recorde.

O Índice de Preço de Alimentos ultrapassou o recorde anterior de 2008, quando os custos elevados provocaram protestos em vários países.

Além do petróleo, analistas se preocupam com a alta no valor de outras commodities.

O preço do carvão também está subindo no mundo todo, após as enchentes na Austrália praticamente interromperem a produção local.

Segundo economistas, o risco é que essa alta ocorra justamente no momento em que se precisa de mais combustíveis fósseis para alavancar a recuperação econômica.

Implicações negativas

“Com certeza há um risco de haver implicações negativas para a economia global”, afirmou à BBC o economista da AIE Fatih Birol, que fez um alerta sobre o aumento do petróleo.

Segundo ele, esse é um fator importante tanto para o orçamento pessoal quanto para o nacional.

“Se o preço do petróleo subir muito, isso afeta tudo: da balança comercial às despesas domésticas.”

O economista disse ainda que esse cenário poderia provocar um aumento da inflação.

Tiro no pé

Embora o petróleo valorizado traga mais receita para países exportadores, tornar a vida dos compradores mais difícil pode ser um tiro no pé.

Em entrevista ao jornal Financial Times, Birol afirmou que “os países exportadores precisam de clientes com economias saudáveis”.

“E essa alta vai, cedo ou tarde, tornar suas economias doentes. E isso significaria que a necessidade de se importar petróleo será menor.”

O barril do petróleo Brent foi negociado nesta quarta-feira por US$ 93,15.

A AIE foi criada em 1970, como uma iniciativa do Ocidente para conter a crescente influência da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

Notícias relacionadas