Deputada democrata é baleada e gravemente ferida no Arizona

Image caption Gabrielle Giffords participava de um evento político quando foi alvejada

A deputada federal americana Gabrielle Giffords foi baleada na cabeça neste sábado, durante um evento político na cidade de Tucson, no Estado de Arizona.

Além da democrata, membros de sua equipe e cidadãos que acompanhavam o evento também foram alvejados.

Sua morte havia sido confirmada poucas horas após o crime. No entanto, um porta-voz do Centro Médico Universitário de Tucson, para onde Giffords foi levada, afirmou que seu estado de saúde era crítico e que ela estava passando por uma cirurgia delicada.

O presidente Barack Obama qualificou o ato como uma "tragédia indescritível" e confirmou que assessores da deputada foram mortos no ataque.

A imprensa local afirmou que 12 pessoas foram baleadas, entre membros da equipe da democrata e eleitores. O assassino, que teria 21 anos, foi preso.

Supermercado

O ataque aconteceu em um supermercado, onde a deputada participava de um evento chamado “Congress on Your Corner" (o Congresso na sua esquina, em tradução livre), que permite o encontra da população com deputados.

Giffords foi reeleita pela terceira vez em novembro. Em março, seu comitê em Tucson foi vandalizado após a Câmara aprovar a revisão da reforma do sistema de saúde dos EUA.

A democrata era casada com o astronauta Mark Kelly e participou de vários comitês do Congresso, incluindo alguns sobre as Forças Armadas e política internacional.

O líder do Partido Democrata na região, Jeff Rogers, disse que Giffords era uma “estrela em ascensão” no partido e que ela almejava ser senadora pelo Arizona.

“É uma notícia terrível. Ela era uma congressista fantástica e uma pessoa incrível”, disse Rogers à BBC. “Não podemos mais aturar esse tipo de matança nas escolas e contra funcionários públicos.”

Notícias relacionadas