Governo federal arrecada volume recorde de R$ 805 bilhões em 2010

Após a queda na arrecadação em 2009, em função da crise financeira, o governo federal voltou a registrar um crescimento no volume total recolhido no ano passado.

Já descontada a inflação, a arrecadação cresceu 9,85% em 2010, chegando ao montante de R$ 805 bilhões – o melhor resultado desde o início da série histórica, em 2003.

A arrecadação está diretamente ligada ao bom resultado da economia no passado, que tem como previsão uma expansão superior a 7,5%.

O resultado de 2010 reflete uma forte recuperação em relação a 2009, ano de encolhimento da economia brasileira e de consequente queda na coleta de impostos. Naquele ano, a arrecadação federal caiu 3%.

Um dos destaques do ano passado foi o Imposto de Importação, cuja arrecadação cresceu 25,8%, já considerando a inflação no período. Já a receita com o Imposto de Renda Pessoa Física cresceu 10,5%.

A rubrica inclui não apenas os impostos recolhidos, mas também outras fontes de receita, como contribuições previdenciárias e royalties.