Deputado do Quênia é barrado no Parlamento por usar brincos

Gidion Mbuvi/AFP Direito de imagem BBC World Service
Image caption Mbuvi é conhecido por seu estilo extravagante de se vestir

Um deputado no Quênia foi convidado a se retirar do Parlamento do país por usar brincos com pedras preciosas e óculos escuros.

Ele foi expulso da Casa na terça-feira após outros legisladores concluírem que a forma como Gidion Mbuvi se veste viola o decoro da instituição.

O vice-presidente do Parlamento, Farah Maalim, defendeu a expulsão de Mbuvi, disse que esta é a primeira vez que um parlamentar homem usou brincos durante o exercício da função.

Mbuvi, conhecido por seu estilo extravagante de se vestir, foi eleito para o legislativo queniano no ano passado.

O jornal local Daily Nation cita o parlamentar Bifwoli Wakoli afirmando que seria errado “um homem copiar a forma de uma mulher se vestir”.

Já Mbuvi se defendeu dizendo que apenas representa a maneira jovem de se vestir, e seus simpatizantes acusaram Maalim de intolerância.

Após o vice-presidente do Parlamento afirmar que o código de vestimenta para um parlamentar é calça comprida, paletó, gravata, camisa de manga comprida, meias e sapatos fechados, Mbuvi concordou em retirar os óculos e os brincos, segundo o jornal.

Notícias relacionadas