casamento real

Os principais fatos da vida do príncipe William e Kate Middleton

A história até agora

A história de como uma jovem conquistou o coração do príncipe William pode ser vista como um conto de fadas moderno. Acompanhe Kate Middleton e o príncipe em seus anos de formação, saiba como eles se encontraram na universidade e como sua relação lidou com a atenção intensa da mídia.

Continuar

Nascido no dia 21 de junho de 1982

O príncipe William Arthur Philip Louis nasceu às 21h03m do dia 21 de junho de 1982, na ala privada do Hospital St. Mary, em Paddington, Londres. Ele pesava 3,4 quilos. Sua chegada, como primeiro filho da princesa Diana e do príncipe Charles, era ansiosamente aguardada.

Os dois haviam se casado com toda pompa e circunstância em julho do ano anterior. O príncipe Charles disse a repórteres que esperavam na frente do hospital que seu filho estava em "ótima forma". Ele contou que assistir ao nascimento tinha sido "uma coisa bastante adulta...um verdadeiro choque de realidade".

Nascida no dia 9 de janeiro de 1982

Catherine Elizabeth "Kate" Middleton nasceu no Hospital Real de Berkshire em Reading, no dia 9 de janeiro de 1982.

Em junho daquele ano ela foi batizada em St Andrews - igreja no vilarejo de Bradfield em Berkshire, onde sua família vivia.

Primeira escola

Depois da creche, o príncipe William se tornou aluno da Escola Wetherby, uma escola para meninos na parte oeste de Londres, em janeiro de 1987. O prédio da escola, de cinco andares, no estilo ornado italiano, data de 1849.

O prédio tem vista para os belos jardins da Pembridge Square, que também funcionava como playground para os meninos. A princesa Diana era quase sempre vista deixando o filho no colégio.

Primeira escola

Em 1986 Catherine começou na escola primária da Igreja Anglicana em Bradfield. Foi durante o tempo que ela passou na escola que seus pais abriram seu negócio, Party Pieces, vendendo presentes para festas de crianças por correio.

Foi o sucesso do negócio da família, aberto por sua mãe, Carole, que deu à família condições financeiras de enviar Kate e seus irmãos para uma série de escolas particulares caras - o que abriu o caminho da futura princesa para os altos escalões da sociedade.

Escola Primária

Aos 8 anos, o príncipe William começou a estudar na Escola Ludgrove, em Berkshire, onde ficou por cinco anos.

Localizada num terreno de 526 mil metros quadrados, Ludgrove é uma escola preparatória para meninos, onde os alunos aprendem a "crescer e florescer em um ambiente feliz, explorar e expandir seu potencial e desenvolver a consciência e a preocupação com aqueles à sua volta".

As instalações incluem enormes campos, uma quadra de golfe e uma piscina interna de 20 metros. A escola custa R$ 18.481 por período.

Escola Primária

Kate Middleton cresceu em uma área apelidada de Pang Valley, um refúgio rural na região oeste de Berkshre, não muito longe de Londres.

Lindos vilarejos salpicam o vale, que apesar de ser próximo a duas auto-estradas que levam à capital, mantém um ar rural. Sua família viveu no vilarejo de Bradfield, e ela foi batizada na igreja local.

Kate frequentou a escola local e passou a frequentar um curso preparatório para entrar na universidade de St Andrews, localizado na vizinhança. Lá, Kate se saiu bem nos esportes, jogando em vários dos times da escola, e também se saiu bem academicamente.

Eton College

Famoso por educar filhos de grandes nomes e de ricos por mais de meio milênio, Eton recebeu William em seus quadros em julho de 1995.

Assim como uma série de monarcas de todo o mundo, a escola teve entre seus alunos também 18 primeiros-ministros britânicos, incluindo o Duque de Wellington, Robert Walpole e Harold Macmillan.

A escola também tem uma longa tradição militar. O Exército é o maior empregador de ex-Etonianos. O príncipe William deixou Eton com notas A, C e B em geografia, biologia, e história da arte, respectivamente.

Marlborough College

Em 1996, na metade do ano escolar, Kate Middleton tornou-se aluna de uma das principais escolas do país. A anuidade da escola era de cerca de R$ 75 mil.

Ela passou quatro anos lá, tornando-se capitã do time de hóquei e passando no exame de fim de ano com boas notas. Estudou matemática, arte e inglês, com notas A, A e B.

Ex-colegas de turma a descrevem como uma pessoa pé no chão, popular e talentosa. "Catherine Middleton era uma aluna brilhante, popular e extremamente capaz. Estou feliz por ela e por toda a escola, que se une a mim ao desejar a ela e ao príncipe William enorme felicidade juntos", disse o diretor Nicholas Sampson.

A princesa Diana morre em Paris

O príncipe William tinha 15 anos quando sua mãe, Diana, morreu em um acidente de carro em Paris, no dia 31 de agosto de 1997. O príncipe Charles deu a notícia da morte da mãe aos príncipes William e Harry no Castelo de Balmoral, onde a família real passava o verão.

Cerca de um milhão de pessoas se reuniram nas ruas de Londres para ver o cortejo fúnebre de Diana, no começo de setembro. William e Harry caminharam atrás do caixão da mãe, que foi levado para a Abadia de Westminster, para a cerimônia fúnebre.

Ano sabático

Durante um ano sabático entre a escola e a universidade, o príncipe William foi para as Ilhas Maurício, passou tempo na África continental, fez trekking com o Exército em Belize e trabalhou como voluntário no Chile.

Mas foi, como ele diz, o breve período em que trabalhou em uma fazenda no sudoeste da Inglaterra que mais lhe deixou feliz. Ele recebia R$ 5,6 por hora, acordava antes do amanhecer para ordenhar vacas, e "fazia trabalhos sujos" com todos os outros.

Ano sabático

Kate passou seu tempo entra a escola e a universidade fazendo curso de italiano em uma das cidades medievais mais famosas da Itália, Florença, e viajando para o Chile - assim como William.

Também como William, ela passou várias semanas no Chile, como voluntária do grupo Raleigh, do qual era um dos membros mais populares.

Universidade

Ao optar por frequentar a Universidade de St Andrews em vez de Oxford ou Cambridge, William quebrou a tradição. Localizada na remota costa leste da Escócia, a universidade é popular junto a estudantes de escolas particulares.

Ele ficou longe da semana de calouros - sinônimo de excesso de festas - temendo que pudesse "terminar na sarjeta e completamente destruído".

Ele chegou dois dias depois com seu pai. Na época ele queria viver uma vida normal, encontrar as pessoas do local e não passar tempo com os meninos que tinham tido educação parecida com a sua.

Universidade

Apesar de ser localizada a norte e Edimburgo, St Andrews é chamada por vezes da universidade mais ao norte da Inglaterra. Kate Middleton foi a St Andrews estudar história da arte, mesmo curso que o príncipe William escolheu quando se juntou à universidade.

A instituição tem altos padrões acadêmicos e tradições antigas, como a celebração do Dia da Passa, mostrado na foto acima. O evento é parte da tradição da "família acadêmica" da universidade e começou após a Segunda Guerra, como forma de dar as boas-vindas e integrar novos estudantes.

A modelo Kate

Durante seu segundo ano na universidade, Kate desfilou para um evento de caridade patrocinado pela Yves St Laurent.

O príncipe William pagou cerca de R$ 522 para ocupar um lugar na primeira fila e assistir a Kate desfilando na passarela, em um vestido de renda usado sobre sutiã e calcinha negros.

Fotografias do evento foram distribuídas amplamente e, de acordo com comentaristas, mostram um lado mais ousado da então estudante de 20 anos, que era já à época membro do círculo próximo de amigos do príncipe.

William e Kate vão morar na mesma casa

No começo de seu segundo ano na universidade, William se mudou para uma casa alugada no centro antigo de St Andrews com três outros colegas de escola: Kate Middleton, Olivia Bleasdale e Fergus Boyd.

O número 13C da Hope Street fica em uma rua residencial calma, cheia de casas georgianas. Os companheiros de casa se alternavam na hora de cozinhar, apesar de William ter confessado ser "absolutamente inútil" quando se tratava da cozinha.

Inevitavelmente, o ato de ir morar juntos levantou muita especulação sobre se William e Kate eram um casal. O que foi negado por fontes não oficiais do palácio.

Aniversário de 21 anos de Kate

O príncipe William é convidado de honra da festa de aniversário de 21 anos de Kate, que foi realizada meses depois do verdadeiro dia do aniversário dela. Nessa época, estes cartões postais comemorativos dos 21 anos do príncipe foram lançados, e ele deu uma entrevista tentando desmentir que estivesse em uma relação séria, de longo prazo.

"Eu não tenho uma namorada fixa. Se eu gosto de uma menina e ela gosta de mim, o que é raro, eu chamo ela para sair. Mas, ao mesmo tempo, não quero colocá-las em uma situação esquisita, porque muitas pessoas não sabem o que vem junto quando elas me conhecem".

Ele acrescentou: "Há muita especulação sobre todas as meninas com quem estou, e isso me irrita muito depois de um tempo, mais até porque é uma perturbação para as meninas".

Aniversário de 21 anos de William

Em seu aniversário de 21 anos o príncipe William deu uma entrevista para falar sobre si e sua mãe, e para defender seu pai, que sofria duras críticas à época.

Ele disse que "seus valores na vida eram ser honesto, genuíno, atencioso e cuidadoso" e que ele havia aprendido muito com sua mãe. "Minha mãe usava sua posição muito bem para ajudar outras pessoas, assim como o faz meu pai, e espero fazer o mesmo", disse ele.

Para celebrar sua maioridade, ele deu uma festa com tema africano no Castelo de Windsor para 300 amigos e familiares. A festa foi ofuscada por um invasor que, vestido de Osama bin Laden, conseguiu passar pela segurança e chegar perto da realeza.

Isolamento rural

Ao voltar para a Escócia no outono de 2003, o príncipe William e seus companheiros de casa se mudaram para outro lugar, mais isolado, nos arredores de St Andrews, Balgrove house.

O famoso torneio de golfe de St Andrews é realizado bem perto do local. Falando antes de se mudar, William disse que em seu terceiro ano ele tinha menos aulas e tinha que passar menos tempo na universidade.

"Não acho que eu seja um menino do campo no meu coração. Adoro a confusão das cidades e sair com meus amigos. Mas, ao mesmo tempo, gosto de espaço e liberdade."

Esquiando juntos em Klosters

Justamente o que os jornais esperavam - uma prova conclusiva, se é que isso era necessário, de que William e Kate eram um casal. Essa foi uma das várias fotos publicadas ao redor do mundo, mostrando o casal em férias juntos.

A imagem, entretanto, não levou a um assédio dos paparazzi, já que o acordo para deixar o príncipe em paz enquanto ele estudava ainda estava em vigor. Isso mudaria dentro de um ano, entretanto.

Se forma na universidade

O príncipe William se formou em St Andrews com nota 2:1 em geografia, especialidade que ele escolheu após Kate Middleton tê-lo persuadido a abandonar um diploma em história da arte. Isso também o transformou em um dos membros da monarquia mais bem sucedidos academicamente.

Seu pai, o príncipe Charles, foi o primeiro herdeiro do trono a ter um diploma. Ele conseguiu 2:2 em Cambridge. Na cerimônia de formatura, da qual Kate também participou, ele foi chamado ao púlpito, onde, de cabeça baixa, recebeu o capelo das mãos do diretor de St Andrews, Kenneth Dover.

A vida em St Andrews para Kate e especialmente para William era um casulo. Eles foram deixados em paz pela mídia. Isso estava prestes a mudar.

Se forma na universidade

Kate Middleton se forma em St. Andrews no mesmo dia em que o príncipe William, com nota 2:1 em história da arte. Em público, o casal manteve distância discreta durante a cerimônia.

Entretanto, o verdadeiro estágio de sua relação à época veio à tona apenas anos depois. Em seguida ao anúncio de seu noivado, uma série de fotografias mostrando o casal celebrando de forma mais íntima sua graduação foi liberada pela família de Kate.

Primeiro compromisso real oficial

Recém-saído da universidade, o príncipe William embarcou em sua primeira viagem oficial sozinho, representando a rainha em uma visita à Nova Zelândia.

A visita, durante a qual encontrou várias autoridades neo-zelandesas, incluindo a governadora-geral da Nova Zelândia, Sylvia Cartwright (na foto), coincidiu com a viagem do time de rugby britânico Lions. Durante a viagem ele participou de treinamentos com os Lions e assistiu à partidas contra os All Blacks.

Temor dos paparazzi

Em 2005, os advogados de Kate Middleton contactaram editores de jornais para pedir à imprensa que deixasse ela e sua família em paz. Eles pediram aos editores que não publicassem fotos tiradas por paparazzi, enquanto Kate levava sua vida normal.

Alguns meios publicaram uma foto da jovem de 23 anos olhando da janela de um ônibus em Londres. Os amigos de Kate disseram que ela era seguida por fotógrafos dia e noite. Eles argumentavam que ela era um indivíduo privado, que não buscava atrair publicidade.

Treinamento militar em Sandhurst

Como segundo na linha de sucessão do trono britânico, William será um dia chefe das Forças Armadas. Ir para a academia militar de Sandhurst para se tornar um oficial foi o começo da carreira militar do príncipe, e uma importante parte de sua apresentação como um monarca que trabalha.

Ele chegou à academia militar em janeiro de 2006 com seu pai, o príncipe Charles. Foi recebido pelo comandante de Sandhurst, general Andrew Ritchie, que disse à BBC que a decisão de William de se juntar à academia era "um grande privilégio para Sandhurst e o Exército".

Sua rotina começava às 6h e ia até a meia-noite, disse o general. Suas primeiras cinco semanas não foram glamourosas. Muito tempo foi passado passando uniformes, engraxando botas e aprendendo trabalhos básicos de um soldado, como lidar com armas.

Kate entra no camarote real

Kate foi vista no camarote real na corrida de cavalos de Cheltenham para a Copa de Ouro, em março de 2006.

Isso foi visto, por observadores da monarquia, como um avanço significativo na relação do casal, já que o príncipe William não estava presente, mas o príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha, Camila Parker-Bowles, estavam.

Primeiro beijo em público

Um ano após o casal deixar a universidade, o interesse da mídia no relacionamento entre o futuro rei e Kate se intensificou. A aparição de Kate em vários eventos oficiais - como este na abertura de uma loja - inevitavelmente atraía fotógrafos.

Então não custou muito até o primeiro beijo público do casal estar na capa dos jornais. A foto foi tirada quando o príncipe e Kate esquiavam em férias de inverno em Klosters, na Suíça.

Primeiro emprego

O progresso de Kate ao longo da vida parecia ser tranquilo. Notas altas em escolas privilegiadas, seguidas por boas notas em uma universidade de ponta. Mas enquanto seu namorado seguia seu caminho de compromisos reais e uma carreira militar, Kate parecia sem direção.

A notícia de que ela tinha conseguido um emprego na loja Jigsaw, dirigida por amigos da família, foi vista como uma maneira de calar o crescente coro de vozes que via sua presença em várias festas como algo negativo.

Assiste à formatura de William em Sandhurst

O príncipe William foi condecorado oficial do Exército Britânico após formar-se na academia de Sandhurst, em dezembro de 2006.

Apesar de se esperar que toda atenção estivesse sobre o príncipe, não passou em branco para a imprensa o fato de que Kate também estava lá. Foi a primeira vez que Kate foi convidada de William em um evento de alto perfil, ao qual compareceram também a rainha e outros integrantes da realeza.

Usando um chapéu preto e um casaco escarlate, ela estava ao lado de seus pais, Carole e Michael, e do secretário particular do príncipe, Jamie Lowther-Pinkerton.

William e Kate terminam o namoro

A notícia, em abril de 2007, de que William e Kate tinham se separado causou choque na mídia. Com poucos "fatos" para alimentar suas páginas, foi noticiado que a carreira do príncipe no Exército, seu apreço por festas e a interferência da família real estavam por trás do término.

A mudança do príncipe para um campo do Exército em Dorset, e o fato de que Kate continuou sua vida em Londres, também teriam prejudicado a relação, segundo a imprensa.

Essa imagem de Kate deixando seu apartamento em janeiro de 2007, dia de seu aniversário de 25 anos, mostra o nível de atenção que ela recebia da mídia. O especialista em monarquia da BBC Nicholas Witchell comentou à época: "É uma surpresa, porque parecia muito estável".

Começa treinamento militar

Em janeiro de 2007, o príncipe William se apresenta para seu primeiro dia com a Cavalaria em Berkshire. Esse foi o começo de seu treinamento militar, que incluiria um curso de cinco meses em Bovington Camp, em Dorset.

Lá, ele treinaria para ser um líder de pelotão com uma unidade blindada de reconhecimento, como seu irmão mais novo, Harry. Foi também á época que surgiram histórias sobre como ele preferia passar tempo com seus novos amigos do Exército do que com sua namorada de longa data.

Uma notícia que circulou no local dizia que o príncipe comprou todas as garrafas de Pimm's - bebida tradicional britânica de teor alcóolico moderado - em compras para uma festa do Exército.

Camarote real em Concerto para Diana

Provas de que a relação dos dois estava de volta após a comentada separação vieram com a aparição de Kate no camarote real em um concerto em memória da princesa Diana.

Discreta como sempre, Kate foi vista a algumas cadeiras de distância do príncipe e de seu irmão, Harry.

Assiste à formatura de William na Aeronáutica

Em um claro sinal de que sua relação estava em um pé mais firme após a separação em 2007, Kate foi convidada oficial de uma cerimônia de premiação, na qual William recebeu seu brevê de piloto da Força Aérea Britânica de seu pai, o príncipe de Gales.

Sentada na platéia, Kate assistiu ao príncipe Charles, em sua condição de marechal das Forças Aéreas, entregar o prêmio a seu filho, quase roubando a cena.

Kate se junta ao príncipe, em Gales

Após cerca de dois anos de treinamento intensivo, o príncipe é enviado para o Vale da Força Aérea Britânica para se juntar ao Esquadrão 22, onde ele trabalharia primeiro como co-piloto.

Agora que o príncipe William estava adaptado em Anglesey como piloto de busca e resgate, Kate passava mais tempo na casa que os dois alugaram na ilha.

Noivado é anunciado

Após um romance de cinco anos com um breve interlúdio, foi anunciado no dia 16 de novembro que o príncipe William se casaria com sua namorada de longa data Kate Middleton. "Estamos os dois muito, muito felizes", disse ele.

Kate disse que se juntar à família real era "uma perspectiva desafiadora". O príncipe William a pediu em casamento durante férias no Quênia em outubro, dando a ela o anel de noivado de sua mãe, a princesa Diana.

O primeiro compromisso real

William e Kate foram recebidos por centenas de pessoas em seu primeiro compromisso como casal. Kate abriu uma garrafa de champanhe para inaugurar um navio em Anglesey.

O príncipe disse à multidão: "Eu falo, ela faz a parte divertida".

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.