Correios dos EUA se desculpam por selo com falsa Estátua da Liberdade

O selo com a falsa Estátua da Liberdade (Foto: AP) Direito de imagem AP
Image caption Correios disseram que apesar de erro vão usar os selos

Os correios americanos pediram desculpas por imprimir um selo comemorativo da famosa Estátua da Liberdade, em Nova York, com uma foto de uma réplica em Las Vegas.

Três bilhões de unidades do selo foram impressos e, apesar do erro, continuarão a ser utilizados pelo serviço de postagem, disse a instituição.

A estátua que ilustra a estampilha é uma réplica da original erguida no hotel e cassino New York-New York, em Las Vegas.

Enquanto a estátua original, no porto de Nova York, foi um presente da França em 1886, a réplica tem apenas 14 anos de existência.

O engano foi revelado inicialmente pelo site Linn’s Stamp News, voltado para filatelistas.

O site observou que a foto usada no selo mostra um tipo de cabelo ligeiramente diferente do original.

Além do mais, a imagem possui traços mais claramente definidos que os traços da original de Bronze.

Segundo o jornal <i>The New York Times</i>, a imagem foi selecionada a partir de fotos disponibilizadas por uma agência de fotografias.

A Estátua da Liberdade original foi desenhada pelo escultor francês Frederic-Auguste Bartholdi e o engenheiro Alexandre Gustave Eiffel.

Image caption Erros foram apontados inicialmente por site voltado para colecionadores