Sem William e Kate, família real vai a serviço religioso de Páscoa

Reuters Direito de imagem Reuters
Image caption Rainha e príncipe Philip recebem flores após serviço de Páscoa

Sem a presença do príncipe William e de sua noiva, Kate Middleton, que se casam na próxima sexta-feira, a família real britânica celebrou a Páscoa neste domingo com um tradicional serviço religioso no Castelo de Windsor, no condado de Berkshire.

Liderados pela rainha Elizabeth e pelo príncipe Philip, participaram da cerimônia na Capela de São Jorge a princesa Ann, o príncipe Edward e sua mulher, Sophie, e o príncipe Andrew, junto de suas filhas, Beatrice e Eugenie.

Com menos de uma semana para seu casamento, William e Kate optaram por passar a Páscoa longe dos olhos do público.

Jornais

Neste domingo, vários jornais britanicos estamparam o casal em suas primeiras páginas. O Sunday Mirror publicou uma foto de Kate de biquíni ao lado de uma imagem da Grande Barreira de Corais - possível destino do casal em sua lua-de-mel.

Já o News of the World apostou nas palmeiras do resort de Aqaba, na Jordânia, às margens do Mar Vermelho. Segundo o jornal, William e Kate estariam, caso optassem por este refúgio, a salvo dos violentos protestos pró-democracia no Oriente Médio.

Uma autoridade palaciana citada pelo jornal Sunday Times afirmou que William pretende que sua mulher fique o mais longe possível da vida pública nos primeiros dois anos de casamento, para que ambos possam aproveitar a vida a dois.

Neste caso, o príncipe seguiria o exemplo de sua avó, a rainha Elizabeth, que optou por viver na ilha de Malta nos anos seguintes ao seu casamento com Philip, em 1947.

Por sua vez, o Sunday Telegraph informa que, entre os convidados do casamento, não estão os ex-primeiros-ministros trabalhistas Tony Blair e Gordon Brown, que governaram o Reino Unido por mais de 10 anos, se somados os seus mandatos.

O protocolo da cerimônia não prevê, segundo o jornal, o convite automático para os dois políticos. No entanto, o Sunday Telegraph afirma que os ex-primeiros-ministros conservadores Margaret Thatcher e John Major foram convidados para o casamento.

Ensaios

O Palácio de Saint James, responsável pela organização do casamento real, informou que a próxima semana será de ensaios gerais para todos os envolvidos na cerimônia, que ocorrerá na Abadia de Westminster.

Dois mil convidados estarão presentes no casamento, que deverá ser assistido pela televisão por cerca de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo.

De acordo com a correspondente da BBC para assuntos da monarquia britânica Daniela Relph, dois importantes detalhes sobre o casamento ainda faltam ser revelados. Um é a ordem do serviço, que será divulgada somente 24 horas antes da cerimônia.

O outro é o detalhe mais bem guardado de todo o casamento real: o vestido de Kate Middleton, que será conhecido somente na sexta-feira, no momento em que a noiva do príncipe William entrar na nave principal da Abadia de Westminster.

Notícias relacionadas