casamento real

Príncipe William e esposa pedem privacidade na lua de mel

Príncipe William e Kate

O casal saiu de helicóptero do palácio na manhã deste sábado

Um porta-voz do príncipe William e sua esposa Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, pediu que a imprensa respeite a privacidade do casal em sua lua de mel.

Os recém-casados deixaram o Palácio de Buckingham na manhã deste sábado de helicóptero. Eles passarão o fim de semana na Grã-Bretanha e depois viajarão para o exterior em lua de mel, mas nenhum detalhe sobre as viagens foi divulgado.

O pedido de privacidade do casal foi feito após as celebrações do casamento real, que terminaram com uma festa de gala no Palácio de Buckingham, com direito a jantar e pista de dança.

Na manhã de sexta-feira, a cerimônia religiosa na Abadia de Westminster foi assistida por centenas de milhões de pessoas pela televisão ou pela internet ao redor do mundo e atraiu quase um milhão de pessoas às ruas de Londres.

Comemoração

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Após a recepção da tarde para 650 convidados oferecida pela rainha, a noiva reapareceu à noite com um vestido longo de cetim branco, também desenhado por Sarah Burton, da grife Alexander McQueen, e um bolero branco de angorá.

Durante o evento para 300 convidados, estavam previstos discursos do padrinho, príncipe Harry, e do pai da noiva, Michael Middleton.

Os últimos convidados teriam deixado o palácio às 3 da manhã de sábado.

Clique Leia também na BBC Brasil: Após casamento visto por milhões, Kate e William festejam em Londres

'Equilíbrio'

Kate Middleton

A duquesa de Cambridge usou longo de Sarah Burton para a festa de gala

O porta-voz de Clarence House, a residência oficial dos príncipes em Londres, Paddy Harverson disse à BBC acreditar que William e Kate podem voltar a ter uma vida relativamente privada em Anglesey, no País de Gales, apesar de todo o espetáculo público do casamento.

"O mais importante é que ele não é o primeiro na linha de sucessão ao trono, mas o segundo, e ele não é um integrante da realeza em tempo integral, ele é um piloto com um emprego normal na equipe de resgate da força aérea", disse ele.

"Ele estará fazendo isso (seu trabalho) a maior parte do tempo e ela, como sua esposa, estará com ele, então neste sentido a casa deles, o lugar natural para eles estarem é o País de Gales. E eu acho que as pessoas vão entender isso."

Tópicos relacionados

    BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

    Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.